Mark Zuckerberg se tornou mundialmente conhecido por causa do sucesso de sua rede social: o Facebook. Apesar de ter certa fama e possuir uma das marcas mais bem-sucedidas e valiosas da atualidade, pode ser que poucos realmente conheçam sua história. 

Considerado um grande empresário, principalmente por quem atua na área de internet e tecnologia, Zuckerberg pode ser visto como exemplo para novos empreendedores do ramo 

Mas afinal, quem é Mark Zuckerberg? Como ele se tornou rico e conhecido mundialmente? Será que ele é dono somente do Facebook? Verifique o artigo e descubra a resposta para essas perguntas!  

Quem é Mark Zuckerberg? 

Mark Zuckerberg é conhecido por ser o CEO e um dos fundadores do Facebook, que é atualmente a maior rede social do planeta. Além disso, o empresário adquiriu o Instagram e o WhatsApp, duas mídias muito populares mundialmente 

Conforme dados da Forbes de 2020, Mark Zuckerberg tem uma fortuna estimada em US$107,6 bilhões. Sendo assim, ele pode ser considerado o sétimo maior bilionário do mundo na atualidadeConfira agora um pouco sobre Mark Zuckerberg e sua biografia.  

Vida pessoal 

Mark Elliot Zuckerberg nasceu em maio de 1984 na cidade de White Plains, no estado de Nova Iorque, nos Estados Unidos. É filho de uma psiquiatra e de um dentista. Era o único filho menino e tinha três irmãs.  

Durante sua vida escolar, estudou na Ardsley High School, onde se destacou em arte e cultura clássica. Quando estudou na Phillips Exeter Academy, chegou a ganhar diversos prêmios estudantis em ciências da astronomia, física e matemática.  

Mark também demonstrava ter facilidade com idiomas. Ele aprendeu a ler e escrever em idiomas clássicos, como latim, grego antigo e hebraico, além de francês. 

Ainda no ensino médio, Zuckerberg começou a trabalhar com programas de computador. Seu pai chegou a lhe ensinar programação básica e anos depois, contratou um professor particular para Mark aprender desenvolvimento de softwares 

Nessa época, todos o consideravam um prodígio nessa área. Tanto que, ainda no colégio, realizou uma pós-graduação no ramo. Zuckerberg sempre gostou de criar programas de computador, tendo elaborado alguns jogos e softwares de comunicação.  

Zuckerberg também é amante de poesia clássica e era muito conhecido por recitar versos de poemas épicos. Foi durante a faculdade que ele conheceu sua atual esposa, Priscilla Chan.  

O empreendedor sempre atuou com programação e já trabalhou em empresas do ramo, como a Intelligent Media Group, onde criou um leitor de música que utilizava inteligência artificial para aprender hábitos de escuta do usuário.  

A Microsoft e a AOL tentaram comprar essa criação, então chamada de Synapse Media Player. Também queriam contratar Zuckerberg. Contudo, ele recusou os convites e se matriculou em Harvard.  

Surgimento do Facebook 

Mark entrou em Harvard para se graduar em Psicologia e Ciências da Computação. Foi durante sua vida acadêmica que o Facebook foi elaborado. 

Naquela época, havia a necessidade de que fosse criado um programa para facilitar a comunicação entre alunos e para a universidade passar informações para todos os estudantes 

Sendo assim, Mark resolveu desenvolver seu próprio site para esse objetivo. Dessa forma, ele e alguns amigos começaram a pensar em um projeto. Dentre os que planejavam a ideia, estava o brasileiro Eduardo Saverin.  

Em 2004, foi ao ar a rede, chamada inicialmente de Thefacebook. Após ser lançadaMark passou a convidar amigos para se inscrever a indicar outras pessoas.  

Nesse tempo, o site era bem diferente da rede social que é acessada hoje em dia. Era muito mais simples e não tinha determinadas ferramentas, como o feed de notícias.  

Tratava-se apenas de um local online para o usuário inserir informações pessoais e se conectar com outros alunos de Harvard. Ou seja, para poder fazer parte, era essencial ser aluno da universidade, pois o acesso era feito por um e-mail próprio que os alunos recebiam da instituição educacional 

Apesar de simples, a rede se tornou popular rapidamente. sucesso fez com que os idealizadores do Thefacebook buscassem ajuda para melhorar o projeto. Assim, foram chamados outros colegas, os quais também são considerados fundadores do Facebook. 

Quando o Facebook se tornou uma rede social mundialmente conhecida? 

Apenas dois meses depois do lançamento, os fundadores decidiram abrir inscrições para estudantes de outras universidades. A rede cresceu ainda mais e isso fez com que Zuckerberg interrompesse os estudos para se dedicar ao negócio 

Zuckerberg mudou-se para Palo Alto, na Califórnia com seus sócios e alugou uma casa para ser o escritório. Foi nesse momento que resolveram tirar o The do nome da empresa, passando a chamá-la apenas de Facebook.  

Antes de se tornar uma rede aberta para todos, o Facebook passou primeiro a admitir o acesso de universitários de outros países, jovens do ensino médio dos Estados Unidos e funcionários de grandes organizações, como Apple e Microsoft.  

Então, em 2006, dois anos e meio depois da fundação, o Facebook foi finalmente aberto para todas as pessoas do mundo que tenham um e-mail válido e tivessem mais de 13 anos de idade.  

Em pouco tempo, o crescimento do número de usuários foi surpreendente. Em julho de 2010, havia cerca de 500 milhões de perfis ativos. Foi em 2012 que a rede social alcançou 1 bilhão de usuários, dobrando a quantidade em 2017.  

O que mais Mark Zuckerberg fez? 

O Facebook se tornou um fenômeno mundial. Depois disso, o empreendedor e investidor passou a aumentar sua influência no mundo das mídias sociais. Em 2012, comprou o Instagram por US$1 bilhão. Em 2014, o WhatsApp foi adquirido por US$19 bilhões.   

Além dessas compras significantes, multinacional adquiriu a companhia de análises Onavo por US$120 milhões, dentre diversas outras aquisições.  

Em 2018, o Facebook era a quinta empresa mais valiosa dos Estados Unidos. Ainda, é uma das companhias com maior valor de mercado do mundo.  

Além de empreendedor, Zuckerberg também é adepto à filantropia. Em 2010, ele se tornou um dos signatários do The Giving Pledge, criada por Bill Gates e Warren Buffett. 

Mark Zuckerberg é um empreendedor que não mede esforços para deixar sua companhia cada vez mais forte e influente. Por esse motivo – e apesar de algumas polêmicas ligadas aos seus negócios, ele acaba se tornando uma referência para diversos empreendedores.  

Agora que você aprendeu sobre Mark Zuckerberg, continue acompanhando nossas publicações e confira 6 lições que você pode aprender com o livro: Pai Rico, Pai Pobre!