Você sabe o que é o teste A/B? Trata-se de uma das principais ferramentas para melhorar o desempenho das suas estratégias de marketing digital. Por meio dele, é possível fazer experimentos para saber qual versão das suas páginas ou anúncios o seu público prefere.

Assim, o experimento ajuda você a entender exatamente qual alternativa traz o melhor resultado para a sua empresa. Por isso, vale a pena conhecer mais sobre o assunto e aprender como aplicar esse teste nas suas estratégias.

A seguir, veja o que é, como funciona e como fazer o teste A/B!

O que é e como funciona o teste A/B?

O teste A/B é um método utilizado para comparar duas versões de uma página da web, anúncio ou aplicativo com base na alteração de um elemento. Assim, é possível determinar qual delas tem melhor desempenho, conforme as suas necessidades.

Por exemplo, é possível testar dois formatos de uma campanha online para saber qual gerou resultados mais satisfatórios. A mudança realizada pode ser em um texto (título ou descrição de um produto) ou no layout — vídeos ou imagens.

Durante o experimento, metade dos seus visitantes é direcionada para a versão original do anúncio — conhecida como controle. Enquanto isso, a outra parte é orientada para a versão modificada da campanha — chamada de variação.

Todo envolvimento realizado nas duas versões geram dados que permitem a sua comparação. Assim, ao final do teste A/B, você pode analisar qual mudança gerou a maior taxa de conversão. Logo, é possível tomar decisões mais acertadas para buscar resultados positivos.

Quando utilizar o teste A/B?

Depois de entender o que é o teste A/B, é preciso saber quando ele deve ser aplicado. Esse experimento pode ser utilizado sempre que houver a necessidade de testar o desempenho do seu site, blog, anúncio, aplicativo ou e-mail.

Ele também deve ser usado sempre que for preciso otimizar as métricas mais importantes para a empresa e que vem apresentando resultados abaixo do esperado. Além disso, o teste A/B pode ser aplicado quando houver mudanças no layout ou no conteúdo de uma página, por exemplo.

Quais elementos podem ser testados?

Agora que você sabe quando utilizar o teste A/B, deve estar se perguntando quais elementos podem ser testados, certo? Saiba que diversos itens podem afetar o desempenho do objeto de análise. No entanto, há aqueles que costumam ser mais usados como ponto de partida em um experimento.

Entre as principais variáveis de marketing, estão:

Headline

A headline — título em destaque — é o primeiro elemento que um usuário visualiza ao acessar uma landing page. Portanto, é ela quem instiga o leitor a descobrir o que está publicado em uma página. Então fazer testes A/B permitirá otimizá-la.

Linha de assunto

A linha de assunto do e-mail afeta diretamente a taxa de abertura dele. Ou seja, ela pode aumentar as chances de fazer com que os leitores cliquem na mensagem enviada. Por esse motivo, a estratégia pode ajudar a descobrir qual assunto atrai a atenção para o seu e-mail.

Call to action

O call to action (CTA) é uma chamada que leva o usuário a realizar uma ação. Ele é bastante comum em sites, e-mails e anúncios e pode se apresentar em forma de link ou botão. Devido a sua importância, vale a pena medir a eficácia de diferentes designs e textos desse elemento.

Imagens, vídeos e áudios

Também é possível fazer teste A/B de imagens, vídeos e áudios. Normalmente, esse experimento é realizado em anúncios nas redes sociais. Assim, ao testar diferentes características, você pode saber com quais efeitos visuais e sonoros o seu público mais se conecta.

Profundidade de conteúdo

O teste A/B ainda pode ajudar a entender qual é a profundidade de conteúdo que os consumidores querem encontrar na landing page, no blog, no anúncio ou no e-mail marketing. Dessa forma, você pode otimizar os textos para aumentar as taxas de conversão.

Como fazer o teste A/B?

Como você viu, o teste A/B é uma prática importante para os resultados que as estratégias de marketing digital alcançam. Por isso, vale a pena saber como aplicar esse experimento na sua empresa.

Para aprender a implementar o processo facilmente, veja um passo a passo de como fazer o teste A/B:

Defina por onde começar a otimizar

O primeiro passo para fazer o teste A/B é definir por onde começar a otimização. Para ajudar a chegar a uma conclusão, analise os dados que você já tem sobre a performance das suas estratégias e dê preferência para aquelas que apresentam resultados insatisfatórios.

Estipule uma meta para os seus testes A/B

Em seguida, estipule uma meta para os seus testes A/B. Dessa forma, é possível determinar qual das duas versões mais se aproxima do resultado esperado. Por exemplo, se você pretende testar uma página de venda, então pode ter como meta aumentar as conversões em 10%.

Crie hipóteses de teste A/B

Depois de estipular uma meta para os seus testes A/B, é o momento de criar hipóteses para o seu experimento. Ou seja, você deve criar uma lista com os elementos que deseja testar para descobrir qual é o melhor conforme a meta estabelecida anteriormente.

Faça as alterações desejadas em um elemento

O próximo passo é fazer as alterações no objeto de análise. Vale ressaltar que você deve escolher somente uma variável para testar. Dessa forma, é possível saber exatamente qual alteração fez com que os usuários tomassem uma determinada ação, influenciando o resultado obtido.

Defina o tamanho da sua amostra

Outro passo central para a realização do teste A/B é a definição do tamanho da amostra. Isso é essencial para obter resultados conclusivos. Para determinar a quantidade de participantes de sua pesquisa, use uma calculadora de relevância estatística.

Execute o experimento e analise os resultados

Por fim, execute o experimento. Para tanto, conte com o auxílio de ferramentas, como Google Optimize e Gerenciador de Anúncios do Facebook. Depois que o teste estiver concluído, é hora de analisar os resultados e descobrir qual das duas versões teve um desempenho melhor.

Agora que você sabe o que é teste A/B pode entender como ele é importante para o aumento das conversões das suas páginas na web, anúncios online e via aplicativos e em outras campanhas. Portanto, não deixe de aplicar esse método nas suas estratégias de marketing digital!

Gostou do conteúdo? Amplie os seus conhecimentos ao saber como usar o Facebook Ads para acelerar os resultados do seu negócio!