As mais diferentes técnicas de marketing podem fazer a diferença na sua empresa, principalmente quando se você utilizar a tecnologia a seu favor. O Inbound Marketing (ou marketing de atração) é um conceito que visa impulsionar os resultados de qualquer negócio por meio de artigos em blogs, e-books, e outros formatos de conteúdo.

Diferente dos métodos tradicionais, o Inbound Marketing chama a atenção porque não se prende à necessidade de comprar espaços publicitários. Ao invés disso, o foco está na produção de conteúdos relevantes, mostrando ao público-alvo que a marca em questão domina o mercado e que possui autoridade na internet.

De forma mais simples, este conceito, comparado com o marketing tradicional, tem uma diferença importante: enquanto o este último busca o cliente, o Inbound Marketing utiliza estratégias que atrai o público-alvo. Ou seja, é o cliente quem procura a empresa.

Continue a leitura para entender melhor o objetivo do Inbound Marketing e todas as etapas dessa poderosa estratégia. Boa leitura!

Qual o objetivo do Inbound Marketing?

O termo “estar conectado” vem perdendo sua usabilidade. Isso porque o ato de estar conectado é, hoje, algo contínuo.

Portanto, o verbo “estar” dá vazão ao “é”. Sim! A internet já está praticamente presente em todos os lugares e, assim, permite o “status online” a todo momento.

Sendo assim, ser conectado, assim como seus clientes, demonstra porque trabalhar o Inbound Marketing é tão importante. A estratégia se adéqua aos mais diversos modelos de negócios, utilizando conteúdos para consolidar a marca.

Quando aplica-se o Inbound Marketing, o setor de marketing do negócio não é mais um centro de custo, mas sim um centro de investimento.

Com esta estratégia, é possível mensurar todas as ações realizadas, tendo ciência de quantas pessoas visualizaram e converteram/compraram seus produtos ou serviços graças às diversas ferramentas de análise existentes.

De maneira geral, o Inbound Marketing serve para:

  • dar visibilidade à sua empresa;
  • reduzir custos na aquisição de clientes;
  • conquistar clientes em potencial;
  • desenvolver conteúdos relevantes;
  • otimizar o processo de venda.

Agora, veja o passo a passo para aplicar o Inbound Marketing. Assim, irá atrair mais clientes e potencializar suas vendas.

Etapas do Inbound Marketing

Os resultados conquistados por meio do Inbound Marketing são quase 100% garantidos – claro, se utilizar a estratégia da forma correta.

Para isso, é necessário seguir este passo abaixo. Acompanhe!

Atrair

Um site que que não possui fluxo de visitantes não conquista leads – que nada mais são que oportunidades de negócios para a empresa. Portanto, produza conteúdos para atrair a maior quantidade de pessoas possível. Claro, todas estas pessoas precisam estar dentro do seu público-alvo e possuir interesse pelos seus produtos ou serviços.

Ao invés de gastar tempo e energia (e dinheiro) procurando pessoas interessadas na sua empresa e nos seus produtos ou serviços, aposte na construção de algo que vá atrair, de forma natural e orgânica, a atenção do público. Desta maneira, conseguirá clientes engajados e aptos para consumirem o que estiver disponível para venda.

Converter

Atraiu visitantes? Agora, os transforme em leads para, assim, avançarem no processo de compra. A questão de converter envolve o ato do cliente passar algumas informações pessoais em troca de algo, seja um benefício ou uma recompensa.

Acredite: de nada adianta ter um bom fluxo de visitas em seu site e não garantir muitos leads. Existem diversas coisas a serem feitas que podem lhe ajudar neste processo.

Uma delas é por meio da criação de ofertas, seja ela direta – voltada para a compra, pedidos de orçamentos ou amostra grátis – ou indireta – focada no ato de educar e resolver problemas específicos, como a criação de webinars, e-books e ferramentas.

Uma outra maneira – e muito utilizada – é utilizando landing pages, uma página desenvolvida especificamente para a conversão. Trata-se de uma estratégia projetada para captar leads, usando:

  • call-to-action: estimulando o usuário a realizar uma ação, como o download de um material ou cadastro em uma newsletter;
  • formulário: para tentar descobrir o máximo possível sobre o visitante, contextualizando melhor a abordagem correta para que seja concretizada uma venda no futuro;
  • headline: uma frase persuasiva e em destaque para provocar o interesse do cliente e convencê-lo de que receberá algo valioso em troca dos seus dados – e-mail, nome, telefone, etc.

Relacionar

Chegar à fase de compra exige algumas etapas que devem ser seguidas até o momento em que o seu cliente esteja pronto para ser abordado. Segundo Chet Holmes, autor do livro “The Ultimate Sales Machine”, apenas 3% do seu mercado está realmente buscando por uma solução.

Portanto, é necessário entender em que fase se encontra o seu cliente. É nesta hora que o Inbound Marketing atua, identificando os estágios e fazendo os consumidores avançarem no processo de compra.

Esse avanço pode ser motivado com e-mail marketing – seja ele promocional ou não, por automação de marketing – a qual possibilita criar uma estrutura de nutrição de leads de forma escalável, permitindo que a empresa trabalhe a gestão do funil de Inbound de forma automatizada – e Lead Nurturing – de caráter educador, respeitando o interesse e o momento da jornada do cliente.

Vender

A geração de leads envolve produzir demanda e gerar oportunidades de negócio para o seu empreendimento. No geral, quanto mais complexo o produto – e mais caro, mais difícil será o seu processo de venda.

Este processo varia e pode ocorrer tanto dentro do próprio site quanto no contato direto com o cliente.

Na etapas das vendas, utilize as seguintes ferramentas e estratégias: Lead Scoring – que, com base no perfil e no interesse do cliente, lhe auxiliará no processo de compra; Inbound Sales – termo que consiste na atuação online por meio de tecnologia sem a necessidade de deslocamento até o cliente; e Customer Relationship Management (CRM) – que organiza e mensura o histórico de todas as negociações realizadas.

Analisar

Um dos principais benefícios do Inbound Marketing é a possibilidade de poder avaliar precisamente os resultado e comprovar como eles impactam seus investimentos. Com esse auxílio, é possível realinhar todo o processo da estratégia de Inbound Marketing – mantendo, por exemplo, as ações que deram certo.

Algumas ferramentas no mercado oferecem esse capacidade analítica e são importantes aliados nessa trabalho, como o Google Analytics – a plataforma mais utilizada no mercado para web analytics.

Gostou do passo a passo? Tem alguma dúvida sobre como começar a aplicar o Inbound Marketing em sua empresa ou projeto e contar com uma produção de conteúdo especializada? Então não hesite em entrar em contato conosco!