O clipping é um trabalho que costuma ser realizado pela assessoria de imprensa. Também conhecido como clipagem, essa atividade já era comum na época pré-internet.

Com a chegada da tecnologia, esse processo se transformou para os meios digitais. Acompanhe o artigo e entenda mais sobre esse trabalho que pode ajudar muito sua empresa!

O que é clipping?

O clipping é um processo realizado para monitorar constantemente matérias jornalísticas que mencionam uma determinada marca ou empresa.

Essas informações são coletadas e organizadas para elaborar relatórios que auxiliam na divulgação e gestão de informações de maneira planejada.

O clipping de notícia costuma ser oferecido por empresas que possuem uma ampla cobertura que consegue analisar desde sites e jornais online até veículos impressos e mídias tradicionais, como rádio e televisão. Isso sem mencionar as possibilidades de monitoramento de opiniões de leitores nas redes sociais e meios offline.

O que é clipping digital?

Trata-se da mesma ferramenta. No entanto, a forma como a atividade era realizada foi transformada com o advento da internet. Assim, o clipping pode ser feito totalmente online.

O clipping digital, como é chamado, permite encontrar as menções da empresa de forma rápida e precisa. Inclusive, pode ser feito até por profissionais que não se dedicam exclusivamente a esse serviço.

Algumas empresas realizam essa atividade por ferramentas de busca e identificação de termos que interessam ao negócio, deixando o trabalho da assessoria para funções mais estratégicas.

Por que o clipping é importante?

O clipping jornalístico é essencial para as organizações. Assim, é possível ter noção do que é falado sobre sua marca por jornalistas, influenciadores e pela população. E, assim, fazer uma gestão eficiente da empresa.

As principais vantagens de fazer clipping são:

  • possibilidade de se antecipar a possíveis problemas;
  • detectar objeções com o público e a sociedade;
  • encontrar focos de crise;
  • entender o que as pessoas e a mídia pensam sobre a empresa;
  • controlar situações adversas e que prejudiquem a reputação da companhia;
  • planejar estratégias para melhorar a reputação na mídia;
  • monitorar os concorrentes e traçar planos para se destacar no mercado;
  • identificar momentos em que a marca não está sendo citada e planejar ações para conquistar espaço;
  • mensurar os resultados da equipe de comunicação, relações publicas ou assessoria de imprensa.

Ou seja, o clipping é um serviço que pode ajudar sua companhia a encontrar oportunidades de se fortalecer e resolver crises que envolvam sua reputação.

Como fazer um clipping digital?

O clipping digital pode ser feito por intermédio de uma empresa que realize esse serviço ou por conta própria, conforme comentado.

Alguns softwares oferecem ferramentas de busca por palavras-chave, permitindo localizar tudo o que está sendo mencionado em pouco tempo. Além disso, as pesquisas podem ser feitas em tempo real.

Existem várias ferramentas que sua equipe pode utilizar para identificar citações e notícias da organização nos meios de comunicação. Algumas delas são:

  • Alertas do Google: a ferramenta envia por e-mail citações sobre uma determinada palavra-chave, bem como as fontes – é gratuita;
  • Klipbox: envia notificações pelo WhatsApp e consegue monitorar constantemente mais de 20 mil fontes – é paga;
  • Evernote Web Clipper: pertence ao Evernote e permite captar páginas enquanto navega na internet.

E você, o que achou do clipping? Viu como ele é fácil de ser implementado para ajudar a encontrar o que mencionam sobre sua empresa?

Continue agora no blog aprendendo sobre outras formas de melhorar a visibilidade do seu negócio! Confira o que é brand-awareness e veja como tornar sua marca memorável!