O marketing de conteúdo tem se tornado uma estratégia cada vez mais utilizada por negócios de diversos setores e tamanhos. Por meio dele, é possível se posicionar como autoridade, gerar leads e até aumentar a conversão em vendas.

Entre os pilares dessa estratégia, está a produção de conteúdo para blogs. Porém, também é preciso saber como se destacar com o seu blog. E, para isso, você deve saber como fazer um texto perfeito.

Para ajudar você a elaborar um texto de alta qualidade, este artigo apresenta 7 dicas que devem ser consideradas ao executar a tarefa.

Confira!

1. Selecione e utilize corretamente as palavras-chaves

O planejamento correto é uma das bases para criar um post perfeito para o blog. Nesse sentido, uma das ações iniciais consiste em pesquisar a palavra-chave adequada para cada conteúdo.

A princípio, é importante pensar em um termo que tenha um bom nível de pesquisa pelo público, já que isso demonstra o interesse dos usuários. Ao mesmo tempo, vale a pena pensar em aprofundar os termos considerando a intenção da busca realizada, deixando-os menos genéricos.

Nesse caso, vale a pena utilizar uma palavra-chave de cauda longa (ou long tail keyword). Ela é chamada assim porque é mais específica e tem um volume menor de pesquisas. Porém, esse tipo de palavra-chave é capaz de atrair um público mais qualificado para o seu blog.

Além de definir a palavra-chave para cada conteúdo, é preciso utilizá-la corretamente no texto do seu blog. Em termos de SEO, costuma ser vantajoso adotá-la em áreas estratégicas, como:

  • título;
  • introdução (preferencialmente, no primeiro parágrafo);
  • metadescrição;
  • conclusão.

Ainda, é interessante repetir as palavras (com moderação) ou termos relacionados em outros pontos do conteúdo. Isso ajuda a retomar o assunto e a deixar claro qual é o tema central da postagem.

2. Utilize as tags para complementar o conteúdo

Além da palavra-chave principal, o texto perfeito deve apresentar tags. Esses elementos atuam tanto como identificadores de conteúdo quanto como recursos semânticos.

Para entender cada uma dessas funções, vale a pena começar pela identificação de conteúdo. Na prática, as tags ajudam a categorizar as postagens, de acordo com certos temas. Com isso, os visitantes conseguem encontrar outras publicações semelhantes com mais facilidade.

Já em relação à parte semântica, as tags utilizadas ao longo do conteúdo dão mais contexto sobre o assunto tratado. Isso porque o algoritmo do Google adota a metodologia Latent Semantic Keyword Indexing (LSI).

Desse modo, os termos semânticos reforçam para os robôs indexadores do que a postagem fala. Isso pode simplificar o processo de indexação e ainda pode fazer com que seu conteúdo seja visto como mais relevante e completo. Assim, seu blog pode obter posições mais elevadas nas páginas de resultado de busca (SERP).

3. Construa uma metadescrição atraente

Além do conteúdo em si, é preciso pensar em elementos de apoio para o bom desempenho do post. Por isso, uma de suas preocupações deve ser a elaboração de uma metadescrição.

Ela consiste no pequeno resumo que é apresentado abaixo do título do site, na página de resultado de pesquisa. Como consequência, esse trecho tende a ser o primeiro contato do seu público com o texto.

A ideia é torná-lo atraente e instigante, pois isso poderá aumentar o tráfego gerado. Na prática, mais de 40% das pessoas clicam em um post apenas pela metadescrição apresentada.

Para reforçar o SEO com esse elemento, também é recomendado adicionar a keyword a esse trecho. Feito isso, existe a chance de o seu blog ocupar posições melhores e, com isso, receber mais cliques.

4. Divida o conteúdo em níveis

Como parte da estruturação de SEO, também é preciso se preocupar com a divisão do conteúdo. Nesse caso, é fundamental utilizar os títulos do tipo H1, H2, H3 e assim por diante.

Um dos motivos para compor essa estrutura é criar uma hierarquia para o conteúdo. Tópicos semelhantes podem ficar nos mesmos subtítulos e se desdobrarem em outros níveis, de acordo com a abordagem.

Além disso, a divisão em níveis é uma boa prática de SEO porque favorece a legibilidade e a experiência do leitor. Ainda, essa é uma forma de atender aos interesses de quem deseja escanear o conteúdo.

Assim, quem preferir pode conferir as informações principais com base nos intertítulos, em vez de ler todo o texto. No geral, isso pode melhorar a experiência do seu público e até aumentar o período de permanência na página.

Ademais, a divisão em níveis ajuda a organizar a produção de conteúdo. Logo, cada intertítulo funciona como um pequeno “capítulo” do texto. Essa visão facilita criar um artigo coeso e com uma sequência lógica sobre a apresentação de informações.

5. Foque na legibilidade do conteúdo

Como você viu, estabelecer uma divisão hierárquica de títulos ajuda a facilitar a leitura do conteúdo. Para aprofundar esse aspecto e criar o texto perfeito, você deve focar na legibilidade do conteúdo.

Nesse sentido, é importante desenvolver algumas boas práticas, como usar frases e parágrafos mais curtos. Dessa forma, você evita a criação de grandes blocos de textos, o que tornaria a leitura cansativa.

Também é interessante utilizar elementos que tornem a leitura natural e fluida. Com os conectivos, por exemplo, você consegue criar uma sequência encadeada de ideias — o que também ajuda a leitura.

Ademais, é possível utilizar componentes visuais e gráficos. Uma imagem otimizada, por exemplo, é útil para ilustrar o conteúdo. Já o uso de ferramentas como o negrito pode ajudar a destacar palavras ou trechos mais relevantes de cada produção — como o nome da sua empresa.

6. Priorize a qualidade do conteúdo

Depois de focar em todas essas questões relacionadas à estrutura de SEO, é preciso pensar na qualidade do seu conteúdo. Afinal, esse é um componente essencial para criar o texto perfeito para blog.

Ao mesmo tempo, a qualidade de um artigo não envolve apenas um aspecto isolado. Por isso, veja quais são as características que o seu texto deve reunir para ser considerado de qualidade!

Original

O plágio costuma ser punido pelos mecanismos de busca. Em geral, a página com o conteúdo mais antigo ganha mais atenção e recebe melhores posições na página de busca. Inclusive, os buscadores podem até deixar de indexar seu blog por não apresentar conteúdo inédito.

Ainda, simplesmente copiar o que já existe pode prejudicar sua imagem perante o público. Isso porque um conteúdo plagiado ou apenas adaptado — sem os devidos créditos — pode gerar questionamentos sobre a confiança e qualidade da sua empresa.

Para evitar problemas do tipo, o melhor é desenvolver um conteúdo original. Ele também serve como uma ferramenta para ajudar o público a absorver novas informações e conhecer o seu negócio. Desse modo, é uma maneira de aprimorar o conhecimento dos visitantes do seu blog.

Didático

Um conteúdo perfeito e de qualidade também deve ser didático. Afinal, é dessa forma que ele poderá auxiliar quem lê a compreender mais profundamente um problema ou como resolvê-lo.

Nesse sentido, é importante que o conteúdo seja útil até para quem não tem tanto conhecimento sobre o assunto. Ao torná-lo acessível a mais pessoas, melhor tende a ser a experiência que o artigo pode criar ao leitor.

Por isso, é essencial conferir se as informações são práticas, didáticas, explicativas e se ajudam a solucionar dúvidas ou o leitor a entender o que e como fazer.

Conceitualmente alinhado

Criar o texto perfeito exige atenção com o conteúdo. Lembre-se de que o objetivo é ajudar a marca a se tornar uma autoridade e uma fonte confiável para que as pessoas esclareçam suas dúvidas e tenham apoio na tomada de decisão.

Nesse contexto, é fundamental que os conteúdos sejam conceitualmente corretos e alinhados. Portanto, é preciso que o post traga todos os conceitos adequados, sem deixar aspectos dúbios ou informações pela metade.

No caso de determinados segmentos, como o setor financeiro, é ainda mais relevante contar com conceitos corretos. Ao envolver o dinheiro dos clientes, é especialmente importante oferecer informações válidas e confiáveis, não é mesmo?

Gramaticalmente correto

Além de ser conceitualmente correto, o seu conteúdo deve se preocupar com a adequação gramatical. Essa é uma característica relevante para escrever o texto perfeito para o seu blog porque pode interferir na imagem da empresa para os leitores.

Se você apresentar postagens com muitos erros de gramática ou ortografia, isso pode transmitir uma ideia de pouco profissionalismo. Como resultado, as pessoas podem colocar em xeque também a qualidade do produto ou serviço da sua empresa.

Ademais, erros do tipo podem minar a confiança a respeito das informações. Consequentemente, torna-se mais difícil se consolidar como uma autoridade e referência no mercado.

Portanto, é fundamental conhecer e aplicar as principais regras de gramática e ortografia e fazer revisões completas antes da publicação.

Coeso

Outra característica de um conteúdo de alta qualidade é a coesão. Ou seja, todo o texto precisa fazer sentido e apresentar as informações de um modo articulado.

Sem esse cuidado, há o risco de as informações ficarem perdidas ou se apresentarem de modo confuso. Além disso, a produção se torna menos lógica, o que faz com que a compreensão também seja mais difícil.

Na hora de elaborar o conteúdo perfeito, é preciso garantir que ele esteja coeso, interligado e apresentado em uma linguagem adequada. Assim, você pode ampliar o engajamento gerado com a leitura do artigo.

Objetivo

Ao mesmo tempo que o conteúdo deve ser original e completo, é essencial que ele seja objetivo. Afinal, as pessoas desejam absorver o máximo de informação no menor tempo possível e da maneira mais prática.

Portanto, os seus conteúdos precisam se orientar pela objetividade. Apresentar as informações de modo claro, por exemplo, permite evitar dúvidas ou complicar o tema. Essa medida auxilia a garantir a melhor compreensão pelo leitor, para que o conteúdo possa atingir seu propósito.

Ainda, um texto objetivo faz com que o usuário não perca tempo com questões que não o ajudam de verdade. Assim, ele consegue acessar a resposta que precisa de maneira mais rápida, melhorando a percepção do leitor sobre o artigo e sobre a sua empresa.

Para entender melhor, pense em um artigo sobre finanças pessoais. Uma pessoa que está endividada costuma ter interesse em entender como montar um orçamento que o ajude a sair das dívidas e a ter mais saúde financeira. E, provavelmente, ela não quer conhecer a história do dinheiro, por exemplo.

Logo, é essencial saber o que apresentar para o público a cada momento, de acordo com a intenção de busca. Isso ajudará a garantir que o conteúdo atenderá às necessidades de quem lê.

Informativo

Um conteúdo de qualidade deve ser informativo e gerar valor verdadeiro para quem o consome. É por isso que, ao estruturar sua produção, é preciso entregar um material que seja realmente adequado para o seu público.

Para tanto, o ideal é ir além do que já está disponível online ou em outros meios, em vez de repetir o que já foi desenvolvido. Então vale a pena pensar em informações que sejam estratégicas e relevantes para o leitor, mas tenham conexão com o seu negócio.

Desse modo, é possível auxiliar as pessoas a solucionarem suas dores com o apoio da informação, enquanto você abre um caminho para que o leitor se interesse pelos produtos ou serviços da sua empresa.

7. Conte com ajuda profissional para a tarefa

Aplicar todas as dicas anteriores é importante para escrever o texto perfeito para o seu blog. No entanto, nem sempre é fácil ou simples colocar essas orientações em prática.

Também é preciso considerar a importância da constância e da consistência. O motivo para isso é que a sua empresa deve manter o blog alimentado para favorecer o SEO e oferecer informações sempre relevantes para o público.

Como essa tarefa não integra a atividade-fim do negócio, é preciso considerar que pode ser mais difícil ganhar escala com a produção internamente. Por isso, uma solução bastante interessante é buscar apoio profissional para lidar com essa atividade.

Com uma produtora de conteúdo especializado, você tem a certeza de que terá textos perfeitos, de acordo com as suas estratégias de negócios. Afinal, uma empresa do tipo conta com profissionais capacitados para a produção, revisão e finalização dos conteúdos, adotando as melhores práticas do marketing de conteúdo.

Por exemplo, ao escolher nosso time da ABContent, você terá o apoio para todas as etapas de elaboração de artigos perfeitos para o propósito que visam atingir: gerar valor ao seu leitor e à sua empresa e ajudar na estratégia de geração de tráfego orgânico e fidelização dos seus clientes e potenciais clientes.

Além de receber conteúdos estruturados para SEO, você terá artigos conceitualmente corretos, didáticos e que entregam mais valor para o seu público.

Ao aplicar essas 7 dicas, você saberá exatamente como fazer um texto perfeito para o seu blog. Dessa forma, é possível aproveitar o potencial do marketing de conteúdo para gerar novos negócios e consolidar a sua marca no mercado.

Precisa de apoio para produzir artigos de alta qualidade? Fale com um de nossos consultores da ABContent e veja como podemos ajudar!