Você sabe como fazer uma página no Facebook? Utilizar essa ferramenta pode ajudar muito a sua empresa a ganhar visibilidade online e atrair pessoas interessadas no que você tem a oferecer.

O que muitos não sabem é que ela pode ajudar pessoas a conhecerem seu blog e assim, se tornarem leads, para que você possa qualificá-los para que se tornem clientes. Além disso, pode ajudar sua empresa a ser vista como uma autoridade, engajar com o público e conquistar a confiança, pois essa rede pode ser um meio de divulgar conteúdos.

Por esses motivos, você precisa fazer sua página no Facebook! Continue a leitura do artigo, veja como você pode fazer a sua e deixá-la o mais profissional e atraente possível!

Passo a passo para criar uma página no Facebook

Antes de criá-la, você precisa ter todas as informações importantes sobre o seu negócio para poder deixar sua página o mais completa possível. Para iniciar a criação, você precisa ter um perfil pessoal.

No seu perfil, você vai clicar em “Criar”, que aparece na barra superior azul do site. Em seguida, você aperta na opção para criar uma página.

O passo seguinte é escolher uma categoria para ela. Há cerca de seis alternativas, mas no seu caso, você poderá optar por duas opções.

Veja-as abaixo:

1. Negócio local

Opção indicada para quem tem uma pequena empresa que abrange apenas a população ou outros negócios locais. Se o seu negócio é uma pequena empresa, essa categoria não se aplica. Exemplos de negócios que podem utilizar a categoria de negócio local: escritórios de contabilidade, assessorias de investimento, dentre outras.

2. Empresa, Organização ou Instituição

Nessa categoria, é possível incluir qualquer tipo de empresa, como pequenas empresas, companhias de porte médio, multinacionais e até Organizações não Governamentais (ONGs). Se você tem uma fintech, por exemplo, você pode se enquadrar nesta opção.

Depois disso, você precisa preencher sua página com tudo o que é solicitado. Leia os Termos de Pagina do Facebook para garantir que você não quebre nenhuma regra da rede social.

Os próximos passos são bem intuitivos e simples, e você terá apenas que colocar as informações pedidas, como:

  • sobre: escrever informações sobre a empresa (essa etapa é importante e você deve utilizar palavras-chave para que fique bem ranqueada nos mecanismos de busca do Facebook);
  • definição de url personalizada da página;
  • escolha da foto de perfil;
  • optar por adicioná-la aos favoritos;
  • escolha do público preferido (outra etapa importante, na qual você deve ter noção do seu público, para segmentá-lo de forma eficiente).

Por fim, personalize-a, colocando uma foto de capa, endereço físico, link do seu site oficial e do blog, meios de contato, idioma, etc.

Dê todos os toques finais necessários para deixar todas as informações completas e sua página estará pronta!

Dicas para ter um perfil de sucesso

Acima você teve um passo a passo geral de como é feita a criação da página. Mas você precisa conhecer bem seu negócio para preencher com todas as informações e deixá-la o mais completa possível.

A criação acaba sendo simples e intuitiva. Nesse aspecto, você pode analisar páginas de grandes empresas do mesmo segmento para fazer uma que seja de qualidade. No final, o que fará a diferença é o que você vai fazer com ela depois que estiver pronta.

Agora, veja algumas dicas para tentar ao máximo fazer com que sua página traga bons resultados!

1. Pense em uma foto de perfil atraente

Escolha uma foto de perfil que seja profissional e de qualidade. Como aqui estamos tratando de empresas do segmento financeiro, o aconselhável é que seja utilizado uma imagem do logotipo da empresa ou algo que remeta ao nicho. Certifique-se de utilizar uma foto com boa resolução.

2. Tenha uma foto de capa chamativa

Além da foto de perfil, você precisa garantir que a foto de capa seja de qualidade! O ideal é que utilize uma imagem que remeta ao seu negócio e tenha uma chamada para ação.

Por exemplo, uma assessoria de investimentos pode utilizar uma imagem que remeta a Bolsa de Valores e colocar uma call to action pedindo para a pessoa entrar no blog da empresa ou entrar em contato.

Algumas companhias colocam o endereço de todas as redes sociais da empresa na imagem de capa. Outras, utilizam alguma imagem chamativa e desenham uma seta apontando para o botão de call to action embaixo para o visitante ver e clicar.

Lembre-se que a foto de capa é muito importante, pois acaba sendo a primeira coisa que seu público analisa quando entra na página!

3. Configure o botão de call to action

Embaixo da foto da capa você pode (e deve) configurar o botão com uma call to action pedindo para a pessoa realizar alguma ação – como visitar o site, o blog ou baixar algum e-book ou outro material gratuito para que as pessoas entrem na sua lista de e-mail.

4. Planeje seu conteúdo

Antes mesmo de criar a página, você deve planejá-la, sabendo as informações que deseja inserir. Além disso, é aconselhável você ter o site e principalmente, o blog empresarial.

Dessa forma, você pode compartilhar o link dos artigos para que as pessoas vejam seus conteúdos e adicioná-los lá na parte de contatos e informações, para que todos vejam e possam clicar.

No entanto, é essencial também criar conteúdos para essa rede social. Enquanto que no blog você publica artigos, no Facebook o conteúdo precisa ser mais visual. Por isso, aposte em imagens chamativas e que atraiam a atenção.

Faça um planejamento de conteúdo para saber a frequência e os tipos de conteúdos que você vai compartilhar.

Como o alcance do Facebook é muito baixo, você precisa atrair muito a atenção das pessoas. Logo, aposte em imagens engraçadas, com pequenas mensagens ou ensinamentos sobre seu nicho e principalmente, interaja com os fãs, seja fazendo perguntas ou apenas publicando conteúdos visuais chamativos.

Uma dica é diversificar ao máximo os formatos de conteúdos. Publique pequenos textos, imagens, vídeos, perguntas e links para artigos do blog.

5. Divulgue sua página

Finalmente, divulgue sua página para todos os seus contatos do Facebook, lista de e-mails e de outras redes sociais. Sua página precisa ser conhecida para que, aos poucos, comece a ganhar um bom alcance.

Conclusão

Agora você já sabe como fazer uma página no Facebook e também viu algumas dicas para fazê-la crescer e deixá-la chamativa para seu público.

Por isso, utilize o que foi ensinado aqui e use essa ferramenta para aumentar sua visibilidade, atrair mais pessoas para o blog e mostrar sua autoridade compartilhando conteúdos de qualidade!

E lembre-se: uma página no Facebook deve ser um complemento. Jamais utilize-a como se fosse um blog ou site profissional. Afinal, além de ser muito restritiva, não há tanta liberdade para fazer o que deseja como no blog.

Lembre-sei, ainda, que ela pode sofrer sanções, ser apagada pela rede social e, principalmente, tenha em mente que a página sozinha não demonstra profissionalismo para grande parte do público! Por isso, faça a página, mas nunca se esqueça do blog e do site do seu negócio!

Falando nisso, como está o planejamento de conteúdo do seu blog? Confira agora mesmo por que você não deve deixar nunca seu blog desatualizado!