No cenário atual, em cinco minutos, o leitor pode passar os olhos por conteúdos empresariais, dicas de boa escrita, textos de gastronomia, de saúde, dentre outros temas. Pode, ainda, procurar informações pontuais lendo, por alto, vários artigos do mesmo tema que o seu.

Bem, é difícil culpá-los. O grande fluxo de informação nas redes sociais e na internet, em geral, vem transformando o consumo de conteúdos. Inclusive, são desenvolvidas cada vez mais ferramentas voltadas à produção de conteúdo efêmero, como o Snapchat e o Instagram Stories.

O surgimento e o sucesso de tais aplicações demonstram o interesse dos usuários em conteúdos de percepção ágil, além de seu caráter dinâmico. No entanto, o êxito dessas ferramentas, nem de longe representam a decadência dos blogs ou a inaptidão dos bloggers em atrair e conquistar o leitor.

Este post vem para mostrar a você que é possível conquistar e prender a atenção de leitores. Acompanhe!

Dicas para chamar a atenção do leitor

Primeiramente, as redes sociais não são inimigas dos blogs e não surgiram com a intenção de extingui-los. Hoje, mais do que nunca, a manutenção de um blog é mais importante que nunca para quem quer produzir conteúdo de qualidade e ganhar visibilidade.

A variedade das fontes de produção de conteúdo representam, na verdade, a própria busca por novidades dos leitores. Dessa forma, é uma tarefa do produtor de conteúdo chamar a atenção do leitor a partir de posts relevantes e envolventes. Para isto, esse artigo lhe apresentará algumas dicas.

1)   Conheça sua Persona

Saber para quem se escreve sempre é o primeiro passo para o redator de qualquer área de atuação. A criação da persona de uma marca ocorre durante o planejamento da estratégia de Marketing de Conteúdo. Uma vez definidas as personas, determinar os temas e a forma como serão abordados nos conteúdos torna-se mais fácil.

A definição das personas, realmente, abre as portas para o envolvimento do leitor com o seu texto. Aliás, a partir do estudo delas é muito fácil provocar o sentimento de identificação no leitor. Isto, contudo, não garante que ele vá continuar a leitura até o fim, mas já o deixa na metade do caminho.

2)   Acione a curiosidade do leitor

Também possibilitado pela definição das Personas da marca, o redator consegue identificar de maneira mais eficaz o que possivelmente despertaria o interesse do leitor. Esta não deve ser uma tarefa difícil, uma vez que os humanos são naturalmente curiosos.

Isto pode ser feito a partir de perguntas feitas diretamente ao leitor, que se sentirá engajado na leitura e, provavelmente, a responderá mentalmente. Claro, não se trata de qualquer pergunta. Esta deve ser um questionamento intrigante à sua Persona e ao modo como ela se relaciona ao tema.

Desse modo, você desperta no leitor o interesse em saber a resposta para aquela pergunta, que será dada posteriormente no texto. Esta técnica é, especialmente, válida quando a questão colocada ao leitor está alinhada à solução que ele procura. Aqui está, mais uma vez, a importância de conhecer a quem você escreve.

3)   Informe os benefícios da leitura e apresente soluções

Com tanto conteúdo disponível na Internet, e com tão pouco tempo para ler a todos, o leitor sempre irá se questionar se vale mesmo a pena se dedicar à leitura do seu texto. Desse modo, a resposta para como prender o leitor está em deixar claro, desde o parágrafo introdutório, as vantagens que ele terá ao consumir seu conteúdo.

Posteriormente, você deve cumprir com tudo o que foi prometido a ele no início. A estratégia, inegavelmente, aumenta as chances de retenção daquele leitor, que acessou seu conteúdo por um motivo específico. Então, com a promessa de ajudá-lo com um problema, ele continuará a leitura para encontrar a solução.

4)   Faça referência à temas próximos da sua persona

Durante a construção de seus personas, no planejamento de marketing, você define, a partir de análises, certas características do seu público. Qual a faixa etária? Qual a posição acerca de certos temas sociais? Você pode usar essas informações para gerar empatia.

Obviamente, a referência ou uma citação deve ter relevância não apenas para seu leitor como também para o conteúdo. Caso haja essa consonância, você pode utilizar seu repertório cultural para se aproximar de seus leitores.

No entanto, seja um romance, um filme ou uma poesia, mesmo que faça todo sentido para você e para o conteúdo, só refira-se a ele caso seja popularmente conhecido e se encaixe no contexto social de seu público. Caso você erre nessa estratégia, pode acabar sendo interpretado como pretensioso.

5)   Storytelling

Da mesma forma que a alusão à produtos culturais, o storytelling pode ser extremamente envolvente ou terrivelmente pedante. Primordialmente, uma boa história deve convencer o leitor de que é uma parte integrante do conteúdo.

Como uma forte tendência do copywriting, muitas vezes os redatores abusam dessa técnica. Contudo, para que a história realmente seja boa, não só o leitor como você deve se sentir parte dela. O Storytelling deve ser uma narrativa que una você e sua persona, não apenas uma invenção mirabolante de engajamento.

Para uma boa construção, há elementos fundamentais, como a composição das personagens, a evolução do enredo e a conclusão, com um forte call to action. Esse método é bastante eficaz, mas exige muito treinamento para um resultado satisfatório ao leitor.

6)   Trabalhe a escaneabilidade do seu texto

A escaneabilidade é uma importante técnica de SEO, cujo objetivo é simples: melhorar a experiência de leitura, deixando-a fluida, de modo que o leitor identifique facilmente os tópicos tratados.

Bem, só por essa definição a escaneabilidade já demonstra sua importância na retenção de leitores. O usuário da Internet, em sua vasta maioria, não está interessado em grandes blocos de textos que engessam e, muitas vezes, o faz se perder na leitura.

Assim, é fundamental trabalhar técnicas de otimização do conteúdo e proporcionar uma leitura dinâmica. Para isso, você pode contar com heading tags, listas, imagens ou o uso do negrito. Seja quais forem suas estratégias, o importante é facilitar a experiência do leitor de seu blog. Ah, e use sempre parágrafos curtos!

7)   Utilize outros formatos

A internet oferece tantas possibilidade que logo após a escolha do tema, você já pode ir pensando em quais linguagens vai transmitir sua mensagem. Hoje a informação flui por todos os formatos. Texto, áudio, imagem ou vídeo. Uma infinidade de abordagens ao tema para uma infinidade de formas de apresentá-las.

Como dito no início do artigo, as redes sociais têm revolucionado o consumo de conteúdo, e os blogs só tem a se beneficiar disso. Uma forma eficaz de conquistar a atenção dos leitores é produzindo conteúdo que misture mídias.

Oferecer em áudio uma versão de texto, por exemplo, pode ser útil para diversas ocasiões. Um texto acompanhando um vídeo também, muitas vezes, vem a calhar, especialmente em materiais jornalísticos, por exemplo.

A qualidade das imagens também são de extrema importância, de modo que, eventualmente, um texto raso pode vir a ganhar visibilidade por estarem acompanhados de um belo visual. Além dela, infográficos e artes são boas opções para conquistar leitores.

Tudo isso, claro, deve ser trabalhado em conjunto. A produção de conteúdo voltada à persona da sua marca deve ser clara, mas envolvente e de qualidade. Deve, também, explorar os diferentes formatos de mídia e oferecer a solução ao problema de seu leitor.

Curtiu o conteúdo? O que acha de ajudar outras pessoas e compartilhar este artigo em suas redes sociais?