Os motores de busca, em especial o Google, são de vital importância para qualquer negócio. Afinal, caso os usuários busquem palavras relacionadas ao seu site é possível que ele seja encontrado, se estiver bem ranqueado. E você terá, desta maneira, acessos por meio do tráfego orgânico.

É claro que não é apenas através do tráfego orgânico que é gerado tráfego em um site. Mas, de acordo com o Search Engine Journal, 70% dos links em que as pessoas clicam nas suas buscas são orgânicos. Esses links dos sites são apresentados no Google conforme a eficiência de suas técnicas de SEO (Search Engine Optimization) e a relevância do conteúdo.

Neste artigo, você vai saber mais sobre otimização para sites em ferramentas de busca, que faz parte do marketing de conteúdo e não exige nenhum custo direto, ao contrário dos links patrocinados.

Ficou curioso? Então continue a leitura e descubra o que é o tráfego orgânico e como aumentá-lo. Em poucos minutos você entenderá como oferecer ao seu site ou blog um maior reconhecimento: links com alto tráfego orgânico confiáveis, relevantes, atrativos e referência no seu nicho de atuação.

O que é tráfego orgânico?

O tráfego orgânico refere-se às visitas em seu site, blog ou perfil de rede social que ocorrem sem ter sido feito um pagamento direto. Tráfego orgânico e pago, portanto, são coisas diferentes.

No primeiro, você precisa utilizar técnicas de SEO e gerar um conteúdo relevante, por exemplo. Já no segundo, você paga por links patrocinados, campanhas e anúncios.

Assim, para conseguir mais cliques orgânicos, é necessário que você tenha conhecimento sobre como aumentar o número de visitantes em seu site. Dessa forma, você irá melhorar seu posicionamento nas buscas do Google e outros motores de busca.

As primeiras posições propiciam a você mais acessos, mais leads e maior notoriedade.

Benefícios do tráfego orgânico e como aumentá-lo

Como dito nos parágrafos acima, você receberá, sem ter que pagar por links patrocinados, mais visitas. Isso fará com que seu site seja facilmente encontrado por quem procura palavras-chave ligadas ao que você vende ou posta – seu público-alvo.

Quer saber como gerar tráfego orgânico? Invista em:

  • técnicas de SEO: boas práticas, conforme os algoritmos do motor de busca, para que seu site esteja bem posicionado nos resultados apresentados ao usuário;
  • conteúdo: quanto maior a qualidade, o engajamento com os usuários e o compartilhamento de conhecimento, mais os mecanismos de busca reconhecem seu site como relevante, sendo ranqueado nas desejadas primeiras posições.

Veja, a seguir, mais detalhes sobre essas duas formas de gerar tráfego orgânico e, assim, atrair seu público-alvo para seu conteúdo.

Invista em conteúdo de qualidade

Para ser encontrado com facilidade nas buscas orgânicas, como foi dito, você precisa criar conteúdos de qualidade, de acordo com seu público-alvo. Isso porque ao disponibilizar conteúdos relevantes para sua audiência, ela lhe dará algum retorno.

Este retorno pode vir por meio de likes, comentários, compartilhamentos ou, simplesmente, o ato de permanecerem muito tempo lendo seu conteúdo.

O Google e outros motores de busca valorizam páginas em que os usuários interajam, pois esse é um indicador de originalidade, qualidade e relevância. Com isso, seu conteúdo irá receber mais tráfego orgânico, pois ficará em melhores posições nas buscas.

Crie bons conteúdos também nas redes sociais

Outro ponto importante é estar presente nas redes sociais, pois elas podem elevar o tráfego orgânico através de interações como compartilhamentos, likes, comentários e marcações de amigos. Exemplos de redes que podem ser ótimas fontes de tráfego são o Facebook, o Instagram, YouTube, Twitter, Linkedin e Pinterest.

Dessa forma, se você tem um blog, site ou loja virtual, por exemplo, é importante que esteja presente em alguma (ou algumas) dessas redes. Existem, ainda, perfis corporativos e pessoais. Optando por criar perfis corporativos, você terá acesso a mais recursos e maior controle de dados dos visitantes.

Portanto, para gerar cada vez mais tráfego orgânico, crie conteúdos diversificados, dinâmicos e ricos que sejam de interesse do seu público-alvo, tanto em redes sociais quanto através de um blog, dentro de um funil de marketing bem estabelecido.

Afinal, ao investir em um blog você contará com a possibilidade de ranquear nas primeiras páginas do Google e ser encontrado através da pesquisa de palavras-chave relacionadas ao seu negócio ou ao que você posta.

Contudo, para ranquear bem nos motores de busca e ser encontrado pelo seu público-alvo, não basta apenas criar conteúdos de qualidade. É necessário também conhecer seu público e o que ele busca, além de entender e otimizar suas páginas e artigos para SEO.

Assim, as chances de aumentar o tráfego orgânico para o seu site serão ainda maiores. Veja algumas dicas de otimização a seguir.

Utilize técnicas de SEO

Como dissemos, as técnicas de SEO aliadas a um bom conteúdo podem levar seu site para as primeiras páginas dos buscadores. A maior parte das pessoas clicam nos 3 primeiros sites dos resultados das buscas, ou, no máximo, nos resultados da primeira página.

Pensando nisso, seu maior desafio será aparecer entre os três primeiros resultados do Google.

Para vencer a concorrência, você precisa, sem sombra de dúvidas, investir em otimização: todas as páginas bem posicionadas fazem isso. Por isso, estude técnicas de SEO e descubra quais plugins podem lhe ajudar nesta tarefa. Vale também a pena contratar empresas especializadas em produção de conteúdo otimizado.

Fique atento à mensurações de visitas em seu site e visualizações, curtidas e comentários. Assim você conseguirá identificar se sua estratégia tem funcionado.

Dicas para ser encontrado na internet

Veja algumas boas práticas para que você seja encontrado nos buscadores, em especial o Google, com mais facilidade:

  • tenha uma URL amigável (link do site);
  • faça uma estrutura eficiente para o conteúdo: títulos H1, H2, H3 etc.
  • utilize imagens para chamar a atenção;
  • use palavras-chave buscadas pelo seu público-alvo ao longo dos seus conteúdos;
  • crie títulos chamativos e que contenham a palavra-chave escolhida. Um bom título lhe ajudará no ranqueamento, conforme o algoritmo do Google;
  • crie uma boa meta descrição, ou seja, o texto que aparece abaixo dos títulos nos resultados das buscas. A meta descrição deve conter a palavras-chave principal, utilizada ao longo do conteúdo, além de conter uma boa explicação sobre o conteúdo. Ela deve ser convincente, de forma a fazer o leitor clicar para conferir;
  • coloque, no final do seu conteúdo, um CTA – call-to-action – ou seja, uma chamada para ação: clique, conheça, descubra, baixe (conteúdos) etc. Assim, você após gerar valor ao seu potencial cliente, poderá direcioná-lo ao próximo passo da sua estratégia.

Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita oferecida pela Google. Basta ter uma conta Google, cadastrar um site e você receberá um código a ser inserido na página cadastrada.

Assim, com essa ferramenta você poderá acompanhar detalhes sobre os acessos do seu site: a quantidade de visitantes nas páginas; tempo médio em cada página; como chegaram até seu site; localização dos visitantes, entre outras informações.

Atenção: apesar de lhe ajudar a otimizar seu site, o Analytics não faz tudo sozinho. Você precisa interpretar e criar estratégias baseado nas informações obtidas.

Atente-se a todos os detalhes

Para consolidar sua marca e gerar valor é preciso pensar em tudo: apenas utilizar técnicas de SEO não será de grande serventia se você não conhecer bem seu público-alvo, por exemplo. Aliás, um dos primeiros passos na criação do seu negócio deve ser descobrir quem é o seu público, seus desejos, características, estilo de vida, ideais, dentre outras informações.

Além disso, é importante ficar de olho na concorrência: você poderá verificar o comportamento do seu público-alvo e quais conteúdos são mais visados. Não copie nada, mas inspire-se.

Descubra, também, novas tecnologias e tendências de mercado – inclusive por meio de perguntas diretas aos visitantes do seu site ou perfil de redes sociais. Onde moram? O que fazem? Qual sua idade possuem? Caso você obtenha respostas para perguntas como essas, poderá produzir conteúdos ainda mais certeiros.

Para obter bons resultados e aumentar cada vez mais o seu tráfego orgânico, palavra é foco em seu conteúdo, falando sempre a linguagem do seu público e oferecendo a ele o que deseja ou precisa. Ao mesmo tempo, é claro, utilize boas práticas de SEO, que são como “rótulos” para que suas páginas sejam reconhecidas pelos mecanismos de busca.

E então, este artigo foi útil para você? Lhe ajudou a entender melhor sobre tráfego orgânico e como fazer para aumentá-lo? Então compartilhe o conteúdo e ajude outras pessoas também!