Se o seu negócio ainda não tem um plano de marketing, isso precisa ser feito o quanto antes. E se ele já tem, provavelmente existem formas de deixá-lo ainda mais eficiente. Afinal, esse é um dos principais setores de uma empresa — e pode sempre ser melhorado.

Embora alguns empreendedores não deem a devida atenção para as estratégias de marketing, elas têm se tornado cada vez mais indispensáveis no mercado atual. O plano que você coloca em ação pode fazer toda a diferença na ampliação da sua marca e no aumento das vendas.

Quer saber como isso acontece e aprender a traçar um planejamento que traga resultados eficientes? Então, continue a leitura!

A importância do plano de marketing

Não é exagero dizer que um plano de marketing tem importância central em qualquer empresa. Na verdade, a relevância dele aparece logo no início do negócio. Quais são os primeiros aspectos que alguém costuma pensar quando decide se tornar empreendedor?

Alguns deles dizem respeito à definição do produto ou serviço que vai comercializar, ao seu setor de atuação, ao público-alvo a ser atendido etc. Você está pensando sobre o marketing ao refletir sobre tais pontos na hora de montar seu modelo de negócio.

Na prática, um plano de marketing orienta a existência de uma empresa no mercado. Ele funciona como uma espécie de mapa que define os caminhos a serem tomados para ampliar sua participação e conquistar espaço.

Ou seja, a eficiência em fortalecer uma marca e captar clientes, gerando mais lucros, depende de um planejamento estratégico do marketing. Nele, são especificados seus objetivos, os recursos disponíveis e as atividades que serão realizadas.

Percebe como entender de marketing é fundamental? Especialmente quando se considera que todo empreendedor está inserido em um mercado com concorrência. Assim, as estratégias adotadas por cada empresa são diferenciais que permitem se destacar das demais.

Em resumo, vale a pena pensar: o que leva os consumidores a escolherem a sua empresa, e não as outras que estão disponíveis? Sem dúvida, a forma como a sua marca é apresentada a eles tem papel central no processo de decisão.

5 passos para traçar um bom plano de marketing

Um plano de marketing eficiente para empresas é visto como uma referência de onde se quer chegar e do que fazer para alcançar o ponto desejado. Claro que ele não deve ser encarado como algo imutável. Pelo contrário, o plano pode ser revisto sempre que for preciso.

Inclusive, a existência dele é que permite a constante melhoria das suas práticas, buscando resultados cada vez maiores. Então, confira 5 passos para montar (e rever) um bom planejamento.

1. Estudo do mercado

A primeira etapa é a de pesquisa de mercado. É preciso identificar as possibilidades e limites do setor para saber como direcionar a sua marca entre os concorrentes e consumidores.

Por isso, comece avaliando quem é o seu público-alvo. Conhecê-lo em profundidade permite aumentar a eficiência do planejamento de marketing. Além disso, observe a maneira como a concorrência se comunica com o público.

A etapa de estudo de mercado lhe proporciona perceber algumas lacunas que podem ser preenchidas pelo seu negócio. Procure analisar, por exemplo, nichos não atendidos ou linguagens que podem ser melhoradas no mercado atual.

Por meio das pesquisas, torna-se viável planejar o posicionamento de marca com qualidade. Isso porque o empreendedor saberá como está o andamento do setor e quais diferenciais ele pode explorar.

2. Análise do produto

Depois de levantar informações sobre o contexto, é hora de focar no seu negócio. Faça o mesmo processo de análise anterior, mas agora com os produtos e serviços que são oferecidos pela sua empresa.

O plano de marketing tem o objetivo de apresentar suas soluções para as pessoas que precisam delas, certo? Então é importante conhecer a fundo que soluções são essas e como elas atendem as necessidades e desejos do público-alvo.

A ideia aqui é destrinchar o produto e relacioná-lo às dores que os leads apresentam. Com isso, ficará mais simples organizar o marketing e a comunicação para atrair os consumidores e visar a fidelização deles.

3. Definição da estratégia

Agora você já sabe em que mercado está se inserindo, quais são as lacunas que podem ser aproveitadas, quem é o seu público-alvo e como seu produto responde aos anseios dele. As informações coletadas até aqui ajudam a definir as estratégias para organizar tudo isso.

A questão que se coloca no momento é: como utilizar os dados analisados para construir uma marca forte e estabelecer vínculos positivos com os consumidores? Nesse ponto, vale a pena estudar as diversas possibilidades oferecidas pelo marketing.

A etapa de definição da estratégia tem o intuito de conhecer as opções disponíveis e escolher as práticas mais eficientes de marketing online e off-line para sua empresa. Avalie as alternativas pagas e orgânicas para construir um plano personalizado com seus objetivos.

4. Delimitação de um cronograma

Um plano de marketing realmente eficiente não pode ficar apenas no papel, certo? Logo, uma etapa indispensável é a delimitação do cronograma de ações. O ideal é estabelecer objetivos de curto, médio e longo prazo.

Por exemplo, ações publicitárias e anúncios pagos na internet geralmente são estabelecidos no curto prazo. Já práticas de construção da marca por meio de canais da empresa (como um blog) visam o longo prazo e envolvem processos duradouros.

Estabelecer as frentes de ação e colocar datas específicas para cada uma torna o plano palpável e permite maior controle do trabalho. Além disso, é importante definir um orçamento. Dessa forma, você otimiza os investimentos de recurso e tempo.

5. Monitoramento dos resultados

Por fim, todo plano deve prever uma etapa de avaliação dos resultados. Isso é especialmente importante no marketing para empresas, já que o planejamento serve para buscar resultados específicos — como aumento do tráfego no site ou ampliação das vendas.

Pensando nisso, deve ser estipulado um momento para verificar as estatísticas e mensurar a eficiência das estratégias colocadas em prática. Será que elas deram o resultado esperado? Ao analisar isso, você terá condições de perceber as ações mais eficientes e aquelas que precisam ser repensadas.

A fase de monitoramente dos resultados mostra os erros e acertos do seu plano de marketing. Mas vale a pena pensar desde o início em modos de diminuir a probabilidade de falhas e montar um planejamento mais eficiente. Uma das formas de fazer isso é contratar profissionais qualificados na área.

Contar com uma equipe especializada em produção de artigos para viabilizar sua estratégia de marketing de conteúdo, por exemplo, permite que você já inicie com as melhores ações para conquistar o público-alvo. Fale com um de nossos consultores e saiba mais!