Com o avanço da transformação digital, os gestores podem adotar diversas estratégias para se comunicar com o público-alvo. Uma dessas possibilidades é o mailing de empresas — um assunto que ainda desperta muitas dúvidas.

Ter uma lista de contatos segmentados para desenvolver as estratégias de marketing digital é algo importante para os negócios. Mas, com tantas possibilidades, acertar nas decisões é fundamental para atingir os objetivos.

Será que comprar mailing para a empresa é vantajoso? Se você deseja saber mais sobre o assunto, este post pode ajudar! Continue a leitura e saiba se essa estratégia vale a pena para o seu negócio!

O que é mailing e como funciona?

O marketing digital é uma das maneiras mais eficientes para se comunicar com o público e acompanhar a jornada de compra. Trata-se de recursos essenciais para um negócio se destacar e atingir os objetivos de forma direta e econômica.

Nesse sentido, o mailing é uma das estratégias de marketing digital e consiste em uma lista de contatos de e-mail. Ele apresenta uma base de dados sobre um grupo de consumidores. O ideal é que eles tenham características compatíveis com os produtos ou serviços da sua empresa.

Além de poder ser construído por cada empresa, o mailing também pode ser comprado. Isso funciona como uma lista de e-mails vendida a empresas para facilitar as estratégias de marketing. Então o negócio utiliza essa base como leads, para tentar processos de conversão.

Qual a importância do mailing para as empresas?

Depois de entender o conceito de mailing, não é difícil reconhecer sua importância para as estratégias de marketing digital. Afinal, é relevante que as empresas tenham uma lista de contatos para envio de conteúdos promocionais ou informativos.

Dessa maneira, ele pode contribuir para facilitar as estratégias e ter acesso ao público-alvo com maior eficiência, otimizando o tempo. Esses fatores são importantes para uma empresa, que tem a possibilidade de direcionar os conteúdos para o público correto e fazer mais vendas.

Sendo assim, o mailing permite continuar se comunicando com possíveis clientes e aumentar a conversão de vendas. E a compra dessa lista de contatos pode eliminar as dificuldades para seleção de pessoas para envio de ações de marketing — mas será vantajoso? Você verá adiante.

Como funciona a compra do mailing?

Existem diversas formas para comprar mailing. Algumas das principais são:

  • lista de contatos de eventos;
  • listas dos contatos no LinkedIn ou demais redes sociais;
  • listas de parceiros ou dos servidores de e-mail.

No entanto, é indispensável ter atenção para evitar cair em situações desagradáveis. Em especial, para não adquirir mailings de baixa qualidade, desatualizados e do público que não seja o alvo do negócio.

Quais as vantagens de comprar um mailing?

Quando uma empresa adquire o mailing, ela conta com uma lista extensa de e-mails para envio direto de conteúdos de marketing. Em geral, o objetivo é evitar a busca de contatos por outras formas e reduzir os custos com as estratégias.

Diante disso, comprar mailing é uma alternativa para empresas que desejam otimizar o tempo ou não conhecem bem o público-alvo. Para elas, é uma vantagem ter acesso a contatos para enviar ações de marketing sem os esforços para conquistá-los.

Portanto, o mailing pode ser considerado vantajoso por favorecer a formação de uma base de leads para desenvolver o marketing digital. Contudo, é preciso pensar nas desvantagens em fazer a compra, e não a construção da sua própria rede de interessados.

Quais os riscos envolvidos na compra de mailing?

Mesmo com as vantagens, comprar mailing pode oferecer riscos para a empresa e comprometer os resultados. Por ser uma lista pronta, é esperado que nem todos os contatos tenham interesse e estejam engajados com a empresa.

Além disso, é preciso considerar os seguintes riscos:

  • chance de o e-mail cair em SPAM;
  • má qualidade das listas prontas;
  • maior possibilidade de bloqueio pelo usuário;
  • possibilidade de afetar a imagem da empresa;
  • desperdício de campanhas com quem não é do público-alvo;
  • risco de descumprir a LGPD – Lei Geral da Proteção de Dados Pessoais;
  • não alcançar os resultados esperados;
  • ter perdas no planejamento financeiro.

Assim, embora pareça mais fácil para a empresa, o mailing pode não oferecer os resultados esperados — e até mesmo atrapalhar o marketing. Isso porque muitas pessoas se incomodam ao receber mensagens que não permitiram.

Nesses casos, comprar mailing traz um risco intenso de irritar os consumidores e afastá-los do negócio. Assim, você estaria dificultando a conversão em vez de aumentar as chances da sua empresa.

Vale a pena investir e comprar mailing?

Depois de considerar as desvantagens e os riscos da prática, podemos dizer que comprar mailing não vale a pena. Pode parecer uma alternativa fácil para iniciar o marketing digital, mas os resultados não costumam ser interessantes.

A depender dos riscos envolvidos e prejuízos para a imagem do negócio, você pode desperdiçar dinheiro com a estratégia. A probabilidade de não ter o retorno do investimento é grande, pois há baixa taxa de conversão.

Sendo assim, utilizar outras estratégias para gerar seu próprio mailing é o melhor caminho para ter sucesso. Desse modo, você reúne pessoas realmente interessadas no seu negócio — e que deram autorização para receber comunicados.

Mesmo que isso demore mais e comece com listas pequenas, a taxa de conversão é mais alta. Afinal, é mais fácil vender para alguém que interage e se interessa pela sua empresa do que para pessoas que nunca ouviram falar e nem autorizaram o contato, certo?

Quais são as alternativas à compra de mailing?

Ao investir em marketing digital, você deve buscar por estratégias mais eficientes para atrair e fidelizar o público correto. O marketing de conteúdo, por exemplo, é uma estratégia vantajosa para engajar as pessoas e monitorar a jornada de compra.

Ele consiste em produzir conteúdos de qualidade no âmbito educacional para nutrir o seu público-alvo e direcioná-lo ao seu negócio. Por meio de conteúdos personalizados, sua empresa tem a oportunidade de criar leads e mantê-los próximos à marca.

Os conteúdos agregam à imagem do negócio e demonstram autoridade para os consumidores. Dessa forma, as estratégias de conversão serão eficientes e abrangentes, permitindo otimizar o planejamento financeiro e impulsionar os resultados.

Como você pode notar, mesmo sendo uma alternativa aparentemente fácil, comprar mailing não é uma boa ideia para o marketing empresarial. Para obter resultados sólidos e conquistar clientes, a melhor alternativa é investir em outras estratégias — como o marketing de conteúdo.

Se você deseja ter ajuda na estratégia de atração de leads qualificados para construção de um mailing cada vez mais sólido, entre em contato conosco! Podemos ajudar a melhorar seus resultados e oferecer o melhor conteúdo à sua audiência!