Você já pensou na importância de reter talentos na sua equipe? As companhias que enfrentam a rotatividade de funcionários sabem que esse é um grande problema.

Além de causar aumento nos gastos com desligamentos, novos treinamentos e novas contratações, a produtividade fica em perigo, pois a todo momento um trabalho é comprometido por causa de uma nova demissão.

Mas esses não são os únicos prejuízos. Um dos maiores pontos negativos da rotatividade é a chance de perder grandes talentos que poderiam fazer o negócio decolar.  Além disso, a reputação da empresa pode ficar ruim, pois ex-colaboradores descontentes tendem a expressar suas opiniões.

Por trazer muitos malefícios, essa questão precisa ser evitada, certo? Continue a leitura do artigo e descubra como resolver ou evitar a alta rotatividade de funcionários no seu empreendimento!

O que leva a alta rotatividade de funcionários?

Chamado também de turnover de funcionários, essa questão pode ser um indicador forte de que algo não está bem na empresa. E que precisa urgentemente ser corrigido.

Há diversos motivos que podem ser a causa desse problema. Cabe a você e sua equipe identificarem quais são para corrigi-los. Os mais comuns podem ser:

  • ambiente hostil: locais de trabalho que são exaustivos, sem respeito, fisicamente mal organizados e que possuem pessoas tóxicas podem deixar os trabalhadores estressados e desmotivados, fazendo-os pedir demissão;
  • baixa remuneração: pagar salários que não são condizentes com os cargos é um dos primeiros motivos para empregados não se sentirem valorizados;
  • liderança fraca ou ruim: ter um péssimo líder não só prejudica os resultados da companhia, mas pode ser uma das causas de pedidos de demissão;
  • rotina rígida: esse ponto é relativo. Há quem não se importe em ter uma rotina regrada, mas colaboradores mais criativos que precisam de mais espaço e liberdade podem se sentir presos e insatisfeitos;
  • falta de reconhecimento e de melhora na carreira: quem não é reconhecido não se sente valorizado. Além disso, quem não vê perspectivas de crescimento na firma também tende a abandonar o cargo.

Como evitar a rotatividade de funcionários?

Depois de ver os prejuízos que isso traz para as organizações e ver alguns motivos que podem ser a causa, confira abaixo o que pode ser feito!

1. Melhore o ambiente empresarial

Certifique-se de que todos estejam alinhados com o perfil que a companhia precisa, bem como com a visão, missão e valores. Construa uma cultura empresarial que preze pelo respeito ao próximo.

Dê boas condições de trabalho apostando em um local confortável que incentive a criatividade e o promova o bem-estar. O ambiente precisa ser amigável e deixar todos contentes em trabalhar no local.

Trate todos como iguais. Ter favoritos ou tratar os funcionários de forma distinta não é nada agradável e pode destruir ainda mais a reputação do empreendimento.

2. Seja aberto ao diálogo

O diálogo é essencial dentro de um ambiente empresarial. Escute o que todos tem a lhe dizer e dê oportunidade para todos se expressarem.

Os gestores de cada setor também precisam aprender a ouvir e dialogar de maneira correta com cada um para evitar estresses, desentendimentos e injustiças. Outra parte fundamental do diálogo é saber dar feedbacks de maneira efetiva e ter momentos de reunião para ouvir críticas e opiniões sobre tudo o que envolve a organização.

3. Ofereça condições de trabalho que sejam dignas

Seja justo e ofereça salários compatíveis com cada função. Dar benefícios e premiações quando uma meta é alcançada também ajuda a motivar a equipe e a melhora dos resultados.

Mostre que há planos de carreira, deixando claro que é possível crescer na sociedade, tanto na questão salarial quanto na promoção para cargos superiores.

Agora você viu o que pode fazer para diminuir a rotatividade de funcionários. Às vezes, pode ser apenas mudanças simples, mas que podem trazer enorme diferença no final. Por isso, certifique-se sempre de analisar a rotatividade e aja para evitar esse problema!

Gostou do artigo? Veja agora importantes dicas para organizar as notas fiscais na empresa!