O livro “Sonho Grande” é uma daquelas leituras que deve ser acompanhada por todo empreendedor que deseja melhorar suas habilidades e mentalidade nos seus negócios. Você já ouviu falar sobre ele?

Escrito por Cristiane Correa, este pode ser considerado um dos títulos mais interessantes sobre negócios e empreendedorismo na literatura nacional. Afinal, ele aborda um pouco da história de três grandes empresários brasileiros: Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira.

Quer saber como estes três nomes tiveram êxito no mundo corporativo? Então acompanhe a leitura do artigo e saiba mais sobre essa obra!

Sobre Sonho Grande

Publicado em 2013, o livro “Sonho Grande narra a trajetória profissional de três dos maiores empresários brasileiros (e talvez do mundo).

A obra foi elaborada a partir de entrevistas com centenas de pessoas. Assim, a autora conseguiu registrar a história de disciplina, dedicação e trabalho duro do trio, que começou em meados de 1970.

A autora do título é jornalista e palestrante no nicho de negócios. Ela já escreveu outros livros, como “Abílio: determinado, ambicioso e polêmico”. Suas obras se tornaram best-sellers e venderam mais de 600 mil cópias.

“Sonho Grande”, por sua vez, consegue demonstrar a fundo o modelo de gestão que os três adotaram e que foi capaz de revolucionar o mercado. Ainda, retrata como os empreendedores fizeram da ideia inicial deles se tornar uma das maiores empresas do mundo.

Um pouco sobre os empresários do livro

Jorge Paulo Lemann, Beto Sicupira e Marcel Telles conseguiram criar o maior império brasileiro em pouco mais de quatro décadas. E conquistaram projeção no cenário mundial.

Além da Ambev, os três também são ou foram donos de marcas conhecidas mundialmente, como o Burger King, Heinz e Budweiser. O modelo de negócios do trio é de tanto sucesso que se tornou case de estudo entre aqueles que desejam fazer uma boa gestão de sua organização.

7 lições do livro “Sonho Grande”

Por mais que o trabalho da autora trate de três grandes empresários, a verdade é que as ideias desses empreendedores podem ser implementadas por todos os empreendedores, independente do tamanho do negócio.

Conheça agora um pouco mais sobre “Sonho Grande” e veja as lições que essa obra traz!

1.Seja realmente meritocrático

Muitos empresários não são meritocráticos e sequer conhecem o real sentido da palavra. Em companhias nos quais há a presença de familiares, por exemplo, esse conceito pode ser raro de ser aplicado.

Isso porque há quem ainda promova ou dê benefícios a uma pessoa simplesmente por ser um conhecido. Isso não ajuda um empreendimento a prosperar.

A meritocracia é um dos maiores símbolos da gestão do trio. Segundo Correa, os colaboradores são escolhidos com base no currículo e promovidos conforme seu desempenho.

Na prática, o que ocorre em muitas empresas é o favorecimento do profissional que está há mais tempo no time, o amigo do líder ou parente.

Nas organizações deles, por outro lado, familiares e herdeiros não podem assumir cargos executivos. No máximo, podem participar do processo de trainee ou fazer parte do conselho de administração.

Meritocracia é isso. Ser justo e tratar todos como iguais, independente da sua relação com a pessoa.

2.Evite desperdícios

Outra característica dos três é o combate ao desperdício. Os sócios têm papel ativo no acompanhamento do caixa das companhias e revisam frequentemente os custos para tentar economizar, mesmo que a economia pareça ínfima.

Grandes organizações e até as menores, muitas vezes, não se atentam a pequenos desperdícios. Isso pode fazer uma grande diferença no lucro da empresa no final.

3. Planeje o longo prazo

Os três empreendedores não ficaram ricos da noite para o dia. Tanto que o império do trio levou décadas para se tornar o que é atualmente. Para acumular patrimônio, todos planejaram cada um de seus passos e estudaram as consequências de suas decisões no longo prazo.

Segundo o livro, o negócio cresceu aos poucos e os empreendedores sempre tinham o foco no longo prazo – ao invés de pensar em maneiras rápidas de lucrar no curto prazo.

4. Crises não devem ser motivo de desespero

De acordo com a obra, o Brasil tem seus problemas e não é perfeito, mas é sim possível encontrar oportunidades durante as crises.

Inclusive, os três empresários conseguiram boas operações em épocas de instabilidade econômica. Nesses momentos, o ideal é olhar para frente e descobrir como aproveitar as dificuldades para melhorar e fazer cada vez mais.

5. Forme pessoas capacitadas

Valorize seus colaboradores. Muitos empreendedores contratam um RH para o serviço de recrutamento e seleção. No entanto, o dono do empreendimento também precisa estar envolvido nessa missão.

Por isso, busque conhecer cada pessoa que faz parte da sua equipe. Veja as habilidades de cada um e verifique o que eles podem aprimorar.

Seus colaboradores precisam ser capacitados constantemente e terem incentivos para continuar trazendo valor para o seu negócio.

6. Não tenha medo dos riscos

A autora de “Sonho Grande” afirma também que os três brasileiros consideram que os riscos são essenciais para se conseguir bons resultados. De acordo com o trio, quem sonha grande não deve ser penalizado caso o plano dê errado, desde que se mantenha firme e siga o que foi planejado.

7. Não tenha medo de copiar

Um dos lemas deles é justamente “não reinventar a roda”. Eles afirmam que não se deve ter medo de copiar o que funciona em outras companhias. Inclusive, eles mesmos já reproduziram boas ideias de terceiros.

Por exemplo, quando compraram as Lojas Americanas, eles visitaram o Walmart antes para verificar o que havia de interessante ali. O objetivo era copiar o que se destacava e aplicar nas suas empresas.

“Sonho Grande” nos mostra, como diz Jorge Paulo Lemann, que “ter um sonho grande dá o mesmo trabalho que ter um sonho pequeno”.

Então não tenha medo de ser ambicioso e saiba que executar um sonho, independente do tamanho, lhe exigirá esforço e dedicação. Portanto, sonhe grande e faça o que for possível para realizá-lo!

Gostou do que viu nesse artigo? Então pode ser interessante lê-lo na íntegra!

Continue aprendendo mais sobre outros livros interessantes para empreendedores! Veja agora 6 lições que você pode aprender com “Pai Rico, Pai Pobre”, de Robert Kiyosaki!