Para muitas empresas, conquistar novos clientes é uma prioridade. Isso é natural, afinal de contas, ao expandir o público e fazer novas conexões, a organização consegue expandir também seus negócios.

Mas a questão é: uma vez que novos clientes foram conquistados, quantos deles continuam na sua empresa e por quanto tempo? Se você nunca pensou no assunto, está na hora de dar uma atenção especial ao tema.

O que é retenção de clientes?

A retenção de clientes refere-se às ações que empresas adotam para fazer com que seus clientes continuem comprando seus produtos ou usando seus serviços. O objetivo, portanto, é o de fazer com que a organização retenha o maior número possível de clientes, aumentando a lucratividade de cada um.

Por meio de estratégias de retenção de clientes sua empresa consegue fornecer e extrair mais valor da base existente. Nesse contexto, perceba que aquisição de clientes e retenção são duas coisas diferentes, pois:

  • A aquisição cria uma base de clientes;
  • Já a estratégia de retenção tem a ver com como a empresa cria relacionamentos com seus clientes.

Infelizmente – e surpreendentemente, a maioria das empresas não pensa em como reter clientes.

Qual a importância da retenção de clientes?

Muitas empresas associam novos clientes como um aumento fácil de receita e, assim, gastam tempo e dinheiro tentando atraí-los. Mas, a verdade é que adotar estratégias para reter clientes e pensar em como vender mais para eles, envolve menos esforços.

Um dos motivos é que os clientes atuais já estão familiarizados com a empresa e já têm interesse em seus produtos e serviços. O outro é que, como dizem, conquistar um novo cliente pode custar até cinco vezes mais do que manter um antigo.

Então, como reter clientes?

Já que você entendeu a importância da retenção de clientes, vamos a algumas estratégias para mantê-los pelo máximo de tempo possível em sua base.

Acompanhe!

Preste atenção no churn rate

Churn rate é um indicador que mostra a taxa de abandono ou cancelamento da sua base de clientes. Desse modo, antes até mesmo de entender como reter cliente, é essencial saber como anda essa taxa.

A fórmula para descobrir o churn rate é bem simples:

Churn Rate = número de clientes que cancelaram o serviço durante o mês / clientes no início do mês x 100

Ao ter o churn rate dos últimos meses você pode verificar o histórico de compras de seus clientes e as interações que tiveram com sua empresa. Essa análise permitirá detectar os sinais de uma partida iminente de seu cliente.

Melhore o atendimento ao cliente

Um sistema de suporte, ou atendimento ao cliente, pode ajudar na pré e no pós-venda. Muitas vezes, uma reclamação ou problema efetivamente resolvido pode transformar um cliente insatisfeito em um cliente fiel.

Isso sem falar no valor do feedback do cliente, que pode ajudá-lo a melhorar seus produtos e sua experiência geral de compras.

Conheça seus clientes

Estamos na era da personalização. De modo geral, clientes querem não apenas mensagens personalizadas, mas também ofertas feitas para eles.

Por isso, quanto mais sua empresa souber sobre seus clientes, melhor poderá adaptar sua abordagem a cada indivíduo. Uma boa maneira para isso é com um software de CRM, o qual exibe o histórico de compras de cada cliente.

Com o software, a equipe de vendas pode identificar maneiras de reavivar o interesse dos clientes atuais, a fim de que façam uma nova compra. Para isso, pode-se oferecer descontos especiais, por exemplo.

Divulgue ofertas personalizadas

Seguindo a linha da personalização, ofereça ofertas específicas para seus clientes, de acordo com a fase do funil que eles se encontram.

Uma das maneiras de fazer isso é por e-mail marketing. Muitos torcem o rosto ao ouvir falar no assunto, mas a verdade é que o marketing por e-mail continua sendo uma ótima estratégia quando bem realizada.

Conforme explicamos neste artigo, o sucesso de uma campanha está na segmentação do público, no conteúdo e na maneira que o cliente é conduzido a tomar uma ação.

Explicando melhor, sempre que for enviar um e-mail marketing garanta que a mensagem esteja de acordo com quem a está recebendo. Por exemplo, se for fazer uma oferta, tenha a certeza de que seu cliente saiba do produto que você está oferecendo e que ele será necessário.

Caso você queira que seu cliente assista a um vídeo para conhecer melhor sobre um serviço, garanta que essa ação esteja logo no início da mensagem, para que o cliente não se perca no meio do conteúdo.

Convide seus clientes atuais para se conectar com sua empresa nas redes sociais

Se sua empresa está nas redes sociais, é importante que seus clientes a acompanhem por lá. Isso aumenta a confiança nos seus negócios e faz com que eles lembrem-se sempre da sua marca.

No entanto, para que a ação tenha efeitos realmente positivo, a estratégia de marketing digital deve ser muito bem elaborada. Garanta que cada postagem tenha um objetivo e faça sentido para seu público-alvo.

Caso queira mais informações, conheça sobre marketing digital neste artigo.

Ofereça conteúdos de valor aos seus clientes

Se você não tem um blog para oferecer conteúdos de valor aos seus clientes e potenciais clientes, saiba que está perdendo tempo. Certamente seus concorrentes já apostam nesta estratégia e estão gerando valor aos seus clientes ao invés de você. E você corre risco de perdê-los em algum momento.

Por isso, é fundamental ter um espaço em seu site ou um blog para oferecer conteúdos especializados e de valor aos seus clientes. Aposte em textos educativos, que ofereçam informações relevantes e sejam escritos de maneira adequada para a web, sempre buscando criar conexões com seu público.

Se precisar de ajuda para produzir conteúdos adequados para seus clientes e público-alvo, clique aqui e fale com nossos consultores!

Concluindo

Seus atuais clientes já conhecem sua marca, conhecem seus produtos e apreciam seu serviço. Ou seja, sua base é o melhor ativo que sua empresa possui.

Em vez de sempre tentar encontrar novos clientes, concentre tempo e energia na melhoria da experiência desse grupo. Como vimos, para reter clientes na sua empresa algumas estratégias incluem:

  • Conhecer o churn rate
  • Melhorar o atendimento
  • Conhecer melhor os clientes
  • Divulgar ofertas personalizadas
  • Convidar clientes para seguir sua empresa nas redes sociais
  • Oferecer conteúdos de valor aos seus clientes

Falando especificamente sobre o último ponto, as mídias sociais são uma excelente maneira de estar presente na vida de seus clientes oferecendo informações que importam para eles.

Para que isso aconteça, certifique-se que sua empresa tenha uma boa estratégia de conteúdo. Se precisar de ajuda, conheça nossos serviços! Entre em contato com um de nossos consultores e saiba como podemos ajudar seu negócio.