O aplicativo WhatsApp, comprado pelo Facebook em 2014, aproveitou a onda dos serviços de venda online e lançou uma versão para que empresas gerenciem melhor a comunicação com seus clientes – o WhatsApp Business, que apresenta recursos como ferramentas para classificar contatos e criar mensagens automáticas.

Voltado especificamente para pequenos e médios empreendedores, embora apresente a mesma finalidade do aplicativo original, o novo app é muito utilizado, também, para o aumento das vendas a partir das listas de transmissão.

Obviamente, para dar início a essa empreitada, você deve fazer o download e configurar o perfil da sua marca no aplicativo. Posteriormente, é só seguir nossas dicas para conseguir aumentar suas vendas por meio dessa funcionalidade.

Acompanhe o artigo e boa leitura!

Como funciona a lista de transmissão?

Bem, antes de começar a aproveitar essa aplicação, é preciso entender como funciona a lista de transmissão no WhatsApp. Com ela, é possível enviar uma mensagem padrão para diversos contatos pré-determinados de uma só vez. Assim, você não precisa escolher os contatos sempre que quiser enviar algum conteúdo.

Uma ótima ferramenta para lojas online, você pode criar várias listas de contatos e organizá-las com etiquetas. Esta é, inclusive, a melhor forma de utilizá-la: segmentando seu público, até porque cada lista apresenta um limite de 256 membros. Assim, você pode fazer uma lista para novos clientes e outra para clientes fidelizados, por exemplo.

Assim, você pode enviar fotos de produtos em promoção, convites para eventos, informações sobre um novo produto ou serviço que passou a oferecer, códigos promocionais; tudo de acordo com a relação de cada uma das listas de clientes com a sua empresa.

Assim como nos grupos do WhatsApp, a lista permite que você compartilhe conteúdo em todos os formatos – texto, áudio, foto e vídeo – para seus contatos. Entretanto, apresenta uma vantagem: apesar de estarem agrupados em uma lista, as mensagens chegam como uma conversa privada.

Contudo, para que as mensagens enviadas a partir da lista funcione, não só você precisa ter salvo os números de todos os contatos, como cada um deles precisa ter adicionado seu número em sua lista. Caso contrário, eles não recebem a mensagem.

Desse modo, a ferramenta confere, também, certa credibilidade às mensagens, uma vez que não é uma pessoa qualquer enviando spam. Entretanto, isto implica um maior esforço em atrair contatos e convencê-los a salvar seu número.

Como criar uma lista de transmissão?

Essa é a parte mais fácil de todas. Você, provavelmente, já possui e utiliza o aplicativo de mensagens no seu celular. Afinal, segundo pesquisas, o WhatsApp é o aplicativo mais utilizado no Brasil. Assim, basta clicar nos três pontos no canto superior direito da tela e iniciar uma transmissão.

O processo é tão simples que você pode fazer isso nesse exato momento e já começar os disparos. No entanto, como abordado no artigo, a versão para negócios do aplicativo permite ações muito funcionais para trabalhar essas listas. Portanto, é aconselhável configurar uma conta para sua marca no WhatsApp Business.

Após clicar em “Nova transmissão”, você irá digitar os nomes das pessoas que quer colocar em cada lista ou selecioná-los a partir de sua agenda de contatos. Ao adicionar seus contatos, toque em criar e uma tela de bate-papo é aberta. Então, é só enviar as mensagens aos contatos e elas serão entregues sem revelar os outros nomes da lista.

Agora que você sabe como criar sua lista de transmissão, o artigo reforça e apresenta algumas formas de utilizá-las para aumentar as vendas do seu negócio – seja físico ou digital.

Qual a melhor forma de usar a lista de transmissão?

Bem, se você entende pelo menos um pouco sobre marketing digital, não será tão difícil identificar as boas práticas para otimizar seu uso da ferramenta. Continue a leitura para não cometer erros ao usar a lista de transmissão no WhatsApp Business.

1.   Quem são seus contatos?

Se você já tem uma loja física, provavelmente tem uma lista extensa dos contatos de seus clientes. Mas eles possuem o seu? Como dito anteriormente, as pessoas incluídas na sua lista só recebem sua mensagem caso tenha salvo seu número de telefone. A primeira ação, então, é convencê-los a salvar seu contato. Isto é, você precisa de permissão.

Em lojas estritamente online, o processo é o mesmo. É importante o uso de táticas de marketing e gatilhos mentais para que você consiga criar sua lista, convencendo seus visitantes a salvarem seu número para receber promoções. Há muitas estratégias para isso, até mesmo a neurociência pode lhe ajudar. As redes sociais são ótimas para esse objetivo.

2.   Suas mensagens são relevantes?

Mais do que apenas a relevância quando comparados a outros produtos do mesmo mercado, pergunte-se sobre a importância deles para seus clientes. Afinal, o intuito da lista de transmissão é divulgar o produto, certo? Certifique-se, portanto, de que seus produtos têm valor para seus contatos, de modo que visualizem as mensagens e tenham interesse.

Não é só a relevância do produto, mas também da mensagem enviada à lista. É importante apresentar uma contextualização básica do que porquê você está a enviar aquele determinado produto. Com isso, há certa aproximação com o consumidor, que não recebe apenas imagens de produtos precificados.

Isto, entretanto, não é irrelevante. Ao mesmo que você deve apresentar mais do que um conteúdo limitado àquele produto, você precisa fornecer todas as informações que o seu contato precisa para realizar a compra.

3.   Segmente seus contatos em listas

Você já deve ter ouvido falar em funil de vendas, certo? Se ainda não sabe o que é, corra para saber. Bem, o consumo de produtos é dividido em três diferentes níveis – e em cada um deles, os consumidores apresentam suas dúvidas, anseios, desejos. O conteúdo, então, deve ser direcionado a cada um deles de modo a, finalmente, concretizar a venda.

Uma boa estratégia de segmentação é justamente estudando seu funil de leads e criar listas a partir do estágio que os contatos se encontram. Assim, você vai guiando aquelas pessoas até a fidelização, que é mais importante do que uma venda única. Portanto, dedique-se em estudar sua lista de contato e em dividi-la.

O WhatsApp Business apresenta a função das etiquetas, que permitem a você classificar seus contatos de acordo com o nível da relação que tem com sua marca, o que é ótimo para a produção direcionada de conteúdo, além de facilitar que você os encontre.

4.   Crie estratégias de planejamento

Com sua lista pronta e os produtos definidos, basta selecionar a lista e enviar, certo? Errado! Para que qualquer negócio tenha êxito, é preciso planejamento. Então, estabelecidos o canal de comunicação e a finalidade da lista, você começar a preparar seu conteúdo.

Como já dito no item 2, sua mensagem deve ter relevância para além da realização de uma venda. Por isso, você deve definir bem quais são suas metas e objetivos e o que é preciso para alcançá-las. Além disso, claro, defina um calendário editorial e de publicação.

5.   Crie suas campanhas

Primeiramente, lembre-se que seu objetivo não deve se conter em vendas. A fidelização dos clientes vale muito mais! Assim, não seja completamente promocional e ofereça conteúdo de valor ao clientes; e tenha sempre em mente: crie conteúdo e envie-os adequadamente aos membros de cada uma de suas listas de transmissão.

Além disso, é importante um  bom atendimento ao possível cliente. Dessa forma, responda no menor tempo possível quando alguém entrar em contato. Afinal, é o que esperam de um aplicativo de mensagens instantâneas. Por fim, lembre-se que este pode ser o início de um relacionamento de confiança, então seja honesto, respeitoso e simpático.

E então, está mais familiarizado com as listas de transmissão do WhatsApp? Já entende as suas possibilidades para lhe ajudar a aumentar as vendas?

Aproveite e compartilhe este artigo nas suas redes sociais. Com certeza irá ajudar muitas pessoas!