A crise do coronavírus surgiu de repente e ganhou grandes proporções em pouco tempo, afetando diversos países ao redor do globo e, consequentemente, a sociedade como um todo. E o Brasil não é exceção.

Muitas pessoas afetadas em seu trabalho, perdendo a fonte de renda. O mesmo ocorreu com muitas empresas que, diante de todo esse cenário de dificuldade, foram e ainda são assombradas pelas projeções de menores lucros ou até mesmo pelo receio de fechar as portas.

Felizmente, esse não precisa ser o destino da sua empresa em meio a uma crise! Existem formas de fazer com que seu negócio não seja prejudicado – ou ainda melhor, que consiga recuperar o lucro perdido após um período conturbado como esse.

Continue a leitura do artigo e veja como seu negócio pode sobreviver e se recuperar após uma crise!

Por que o momento não precisa ser de pânico

Importante ter em mente que crises causadas por doenças podem acontecer em qualquer ocasião e prejudicar a economia. E mesmo que não seja esse o estopim para o desarranjo financeiro, é preciso compreender que as crises voltarão a acontecer em algum momento no futuro.

Logo, como em qualquer crise, independente da natureza, as empresas precisam saber se prevenir. No entanto, a realidade é que muitas companhias nem sempre estão preparadas para enfrentar esses períodos delicados. Mesmo aquelas que cuidam bem de suas contas e sabem se prevenir financeiramente acabam ficando receosas.

Entretanto, mesmo nesses períodos adversos, existem formas de fortalecer o seu negócio e fazer com que ele se recupere mais rápido.

Confira nos tópicos seguintes o que você pode fazer para superar uma crise de grandes proporções, seja a crise do coronavírus ou qualquer outra no futuro.

1. Reduza seus custos com cuidado

Uma das primeiras atitudes que você deve tomar é reduzir os custos com serviços e produtos que não são considerados essenciais ou são menos importantes durante esse período.

Contudo, não saia fazendo cortes sem um bom critério! Tudo deve ser analisado com cautela, pois há serviços que podem ser imprescindíveis para o bom andamento da sua empresa não só nesse momento, mas principalmente após a crise.

Analise muito bem todas as despesas e veja o que pode e o que não pode ser suspenso. Más decisões podem prejudicar muito seu negócio, assim como cortes feitos em serviços estratégicos podem ser muito ruins.

Logo, busque primeiro verificar o que é excesso ou o que pode ser adotado um substituto menos oneroso.

Serviços como os de marketing de conteúdo, que ajudam na divulgação da sua empresa na internet, são estratégicos. O aumento no tráfego online demonstra isso. Diversos sites viram sua audiência crescer como nunca no período de isolamento.

Por outro lado, serviços de limpeza do local, por exemplo, podem ser suspensos. Com o estabelecimento fechado total ou parcialmente, despesas com o lugar podem ser cortados por um momento.

2. Aprenda a negociar

Vamos supor que você tenha um escritório de contabilidade e trabalhe com uma equipe. Com a possível redução de demanda e o estabelecimento fechado por um tempo, não tenha receio de negociar alguma redução nos salários ou bônus, prazos ou formas alternativas de auxiliar sua equipe durante esse período.

Dessa forma, eles podem continuar trabalhando de forma remota, fazendo o que devem em casa e a sua empresa não para de prestar serviços. Sua equipe entenderá que essa redução momentânea é pelo bem coletivo. Assim, ninguém sai prejudicado e seu negócio continua gerando lucro.

Contudo, é importante pensar em reter talentos neste momento, pois você precisará deles na retomada. Passada a instabilidade, você poderá voltar a fortalecer a relação entre as partes.

3. Adapte-se

O isolamento social fez muitas empresas adotarem o home office, mesmo aquelas que nunca haviam tentado isso antes. Inclusive, sua empresa pode ter sido uma das inúmeras companhias que adotaram o trabalho remoto para que todos continuassem produzindo.

Graças à internet, ficou fácil se adaptar a essa modalidade de trabalho. Há diversas ferramentas que podem facilitar o trabalho em equipe e torná-lo mais eficiente. Aposte em ferramentas, como Evernote, Trello e Google Docs, por exemplo, para compartilhar documentos com todos os colaboradores.

Além do mais, que tal continuar atendendo seus clientes de forma remota? Atualmente, muitas empresas utilizam o Skype para consultorias e o WhatsApp para seguir prestando seus serviços.

Dessa maneira, você demonstra que está disponível para seus clientes até de forma remota e continua fazendo sua empresa trabalhar de forma eficiente.

4. Seja criativo

Muitos empreendedores tiveram que usar a criatividade para impedir a perda de lucros. Alguns, por exemplo, começaram a vender seus serviços antecipadamente, por um valor menor, para que o cliente possa utilizar no futuro.

Nesse momento, a criatividade pode salvar negócios. Utilize-a no seu também.

Além da imaginação, você precisa apostar em estratégias que fazem sua empresa ganhar espaço nesse momento e sejam lembradas após essa crise. Confira o que você pode fazer para atrair a atenção das pessoas e aumentar seus clientes!

5. Utilize a internet a seu favor

Essa última dica merece destaque porque é o que pode separar as empresas que conseguiram superar a crise daquelas que não sobreviveram ou saíram enfraquecidas.

Não se esqueça que, em um momento de isolamento social – ou seja, no qual as pessoas permanecem em casa por mais tempo, o consumo de conteúdos na internet aumenta muito. E foi exatamente isso que ocorreu durante a crise do coronavírus.

Logo, esse é o momento ideal para você fortalecer seu posicionamento na internet e ganhar a atenção dos consumidores! Lembre-se que as pessoas apenas adaptam-se a uma nova rotina, mas não deixam de consumir.

Então, se você não tem presença na internet, esse é o momento ideal para começar. Por outro lado, se a sua empresa já começou com as estratégias de posicionamento, utilize a crise para fortalecê-las ainda mais!

E como você pode fazer isso? Simples: comece entregando conteúdos! Apostar no marketing de conteúdo é a chave que pode fazer você gerar identificação com seu público e ser lembrado após a crise.

Se a sua empresa fez a diferença e ajudou as pessoas a resolverem problemas em um momento complicado, elas lembrarão de você. Por ter gerado conexão e engajamento, muito provavelmente irão procurar o seu negócio quando for preciso.

Crise é o momento mais adequado para se posicionar positivamente, principalmente se o seu negócio é do ramo de finanças, investimentos, negócios ou empreendedorismo, que são as áreas bastante procuradas, principalmente em momentos econômicos delicados.

A entrega de conteúdo de valor para as pessoas fortalecerá sua empresa nesse momento delicado e continuará tendo efeitos após a crise. Afinal, seus conteúdos estarão lá, atraindo clientes no longo prazo.

Conclusão

A crise do coronavírus, ou Covid-19, assim como qualquer outra, acaba em determinado momento. Logo, saiba adotar medidas inteligentes e aposte no que pode trazer resultados durante e, principalmente, após uma crise.

A ABContent é um serviço de produção de conteúdo especializada em finanças, investimentos, negócios e empreendedorismo. Entregamos um serviço de qualidade com o melhor custo-benefício.

Entendemos o seu mercado, o seu negócio e sabemos dos seus problemas. Por isso, nosso trabalho visa entregar os melhores conteúdos que estejam alinhados aos objetivos da sua empresa e que tragam resultados.

Conte conosco para desenvolver sua estratégia de marketing de conteúdo e comece a gerar valor para os seus clientes! E você, ainda tem dúvida sobre o que podemos fazer por sua empresa? Então entre em contato agora mesmo com nossa equipe!