Gestão de empresa é uma série de ações e estratégias que visam otimizar recursos e gerar valor numa determinada companhia, seja ela de pequeno, médio ou grande porte, visando o crescimento do negócio.

Pareceu complicado? Calma que a explicação vem aí. E certamente você notará que o tema é bem mais simples – e importante – do que uma definição complexa possa parecer. Embora qualquer especialista (ou nem tanto assim) possa fazer um resumo do que é gestão empresarial, nem sempre um aglomerado de palavras rebuscadas serve para explicar o assunto devidamente.

Afinal, cuidar bem da gestão é tão vital para seu negócio quanto respirar é para seu organismo. E é por isso que você vai conferir, aqui, tudo sobre gestão empresarial.

Acompanhe o artigo e boa leitura!

O que é gestão de empresa?

A analogia com o corpo humano feita no parágrafo anterior não veio à toa. Ela é, inclusive, utilizada pelo Sebrae para explicar o que é gestão de empresa, assim como sua importância.

Em suma, a comparação coloca o gestor no papel do cérebro do corpo humano. É ele quem tem de comandar, de maneira inteligente e harmônica, todo aquele organismo.

Alguém que cuida da gestão da empresa não pode querer resolver os problemas como se fosse um robô – ou se cuidasse de uma ciência exata. Pense no seu cérebro, por exemplo. Se você passar um dia sem comer, ele ordenará que seu organismo queime um pouco da gordura acumulada para que você não morra de fome.

Ora, isso é gerir inteligentemente! Do contrário, ele apenas lamentaria a falta de alimentos e, talvez, até colocasse a culpa em algum órgão ou sistema.

Da mesma maneira funciona a gestão de empresa. O responsável precisa ter o conhecimento do funcionamento da corporação como um todo e enxergar tanto o macro quanto o micro. Ou seja, deve saber qual o estoque da matéria-prima, por exemplo, assim como conhecer peculiaridades das personalidades dos colaboradores.

Toda empresa (até a sua) precisa de gestão

O conceito de gestão empresarial baseia-se em três pilares: pessoas, estrutura e finanças. Isso engloba absolutamente todas as estratégias adotadas pela empresa. Desde uma festinha para os aniversariantes do mês até decisões complexas e estratégicas, que podem influenciar diretamente no futuro da corporação.

É importante lembrar que a gestão é vital para qualquer tipo e tamanho de empresa. Até mesmo um empreendedor individual precisa gerir adequadamente seu negócio. Quiçá, então, quem tem dezenas, centenas ou milhares de colaboradores consigo.

Na prática, portanto, a gestão empresarial é uma maneira de otimizar os recursos à disposição. E por recursos, entenda-se tanto a mão de obra humana quanto os insumos necessários para aquele negócio.

Gestão não é administração

Para exemplificar, imagine uma fazenda especializada na plantação de laranjas. Entre os colaboradores, o mais experiente deles é inegavelmente o melhor operador de colheitadeira, conseguindo inclusive apanhar o dobro de laranjas que seus colegas num dia de trabalho normal.

Por outro lado, este homem pouco sabe da vida de seus companheiros ou do processo de produção da fazenda. Seu negócio é “apenas” colher mais e mais laranjas todos os dias. Este colaborador, evidentemente, não seria um bom gestor, já que não tem a visão do todo. Mas, certamente, teria seu trabalho reconhecido e valorizado por alguém que enxergasse suas potencialidades.

É por isso que podemos considerar a gestão empresarial diferente da administração. Nela, não basta apenas administrar e manter as coisas minimamente sob controle. É preciso muito mais, seja no que diz respeito à empresa propriamente dita ou à qualidade de vida dos colaboradores. O que, no fim das contas, acaba dando no mesmo, pois um fator se reflete no outro.

Modelos de gestão de empresa

A literatura especializada apresenta uma série de modelos de gestão de empresa. Confira alguns, abaixo.

Autoritária

Um manda, os outros obedecem. Cabe aos funcionários somente cumprir o que lhes é imposto sobre os rumos da empresa.

Democrática

Há espaço para participação e debate entre os colaboradores.

Meritocrática

Quem trabalha melhor e apresenta mais desempenho é, consequentemente, mais valorizado.

Foco nos processos

Análise constante dos processos daquela determinada empresa, para identificar maneiras de otimizar resultados.

Ciclo de inovação

Os colaboradores são incentivados a colocar a criatividade à prova, encontrando maneiras diferentes de obter melhores resultados.

Cadeia de valor

Como numa cadeia produtiva, todas as etapas do processo de produção são levadas em conta e analisadas criteriosamente.

Foco nos resultados

Ao contrário do modelo que preza pelo foco nos processos, neste é o resultado que importa. A maneira como se chegou a ele não é relevante.

Como aplicar a gestão de empresa?

Evidentemente, todo o discurso teórico sobre gestão de empresa é interessante e, claro, faz todo o sentido. Porém, ela traz consigo um desafio: como aplicar a gestão empresarial no dia a dia?

Para isso, quatro passos são fundamentais. O primeiro deles é saber qual é seu objetivo. Afinal de contas, como diz a clássica passagem de “Alice no País das Maravilhas”, para quem não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve.

Encontrado seu objetivo, você precisa, então, definir quais são suas estratégias. Paralelamente a isso, é necessário contar com pessoas dotadas de competência para as mais variadas funções naquele negócio. E, por fim, criar rotinas de trabalho que sejam eficientes.

Dicas de gestão empresarial – softwares para colocá-la em prática

A tecnologia da qual dispomos hoje em dia também ajuda a facilitar o caminho do responsável pela gestão de empresa. Confira a seguir algumas dicas de gestão empresarial facilitada por softwares.

  • Evernote;
  • DropBox;
  • Google Drive;
  • Trello;

Gestão de empresa: uma carreira a seguir

Lembra da história do corpo humano? Certamente agora, então, ficou mais claro como a gestão de empresa funciona como o cérebro de uma determinada organização, não é mesmo?

Aliás, vale lembrar que gestor de empresa é uma profissão, inclusive com curso superior. Ou seja, quem tiver qualidade vai se destacar no mercado e ser disputado por companhias que se interessam em melhorar os rendimentos e resultados.

Viu como o termo “gestão de empresa” pode ser explicado de uma maneira mais fácil e simples? Então compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude outros empreendedores como você!