A incorporação de empresas é uma estratégia que organizações podem utilizar para crescer, modificar seu posicionamento e até o modo como são vistas pelos consumidores.

No mercado, é normal ver processos de fusão, cisão e incorporação entre pessoas jurídicas. Diversos são os motivos para que essas ações sejam realizadas. Confira agora o que é a incorporação de empresas e como funciona esse procedimento!

O que é incorporação de empresas?

A incorporação de empresas ocorre quando uma determinada companhia adquire toda a operação de outra instituição.

Ou seja, a sociedade que incorpora adquire os bens, ativos, processos, tecnologias, estrutura, maquinário e até os profissionais da instituição que foi incorporada. Sendo assim, essa última deixa de existir.

Isso significa que todas as obrigações empresariais e fiscais são transferidas. Inclusive, processos trabalhistas anteriores também são herdados. Os vínculos empregatícios e outros contratos continuam.

Como funciona essa operação?

Um processo de incorporação de empresas deve ser feito com muito planejamento e após muitas análises. Isso porque, como você observou, a instituição que incorpora herda uma série de responsabilidades e obrigações da organização incorporada.

A operação precisa ser aprovada pelos sócios tanto da sociedade que incorporará quanto da empresa que será adquirida. É preciso ainda que a incorporação passe por uma análise de balanço patrimonial.

Ainda, os bens da empresa, bem como a documentação da sociedade que será extinta precisam estar em ordem e ser analisados por um perito.

Quando a operação societária é aprovada, a sociedade adquirida precisa deixar de funcionar e existir. Sendo assim, após concluir o processo, a incorporadora passa a ser detentora de todo o patrimônio e capital social da antiga companhia.

O procedimento também envolve realizar registros para tornar a operação de incorporação pública a toda a população.

Como envolve seguir o que a legislação específica demanda, aconselha-se sempre contar com ajuda de um profissional especialista no assunto para evitar erros e prejuízos, os quais podem prejudicar ou anular todo o processo.

Quais as vantagens da incorporação de empresas?

Esse procedimento tem certas vantagens. Veja abaixo alguns dos benefícios!

Possibilita o aumento do domínio de mercado

A incorporação de empresas pode ser uma estratégia para aumentar a visibilidade e força no mercado ou em um determinado nicho de atuação. Isso porque, de um certo modo, são duas sociedades unindo forças, mas com a diferença de que no final restará apenas uma.

Ajuda a diminuir os custos de produção

Os processos de produção adquiridos podem auxiliar na redução dos custos da empresa que permaneceu. Sendo assim, é possível aumentar o lucro e principalmente, o poder econômico.

Muitas incorporações podem ajudar a trazer ganhos administrativos, tributários, operacionais e até jurídicos para uma organização.

Reduz a carga tributária

A incorporação poderá reduzir a carga tributaria, até porque não são mais duas empresas. Além disso, se a operação for realizada com uma sociedade pertencente a um setor com benefícios fiscais, o negócio pode se tornar ainda mais rentável.

Exemplos de incorporação de empresas

Existem alguns exemplos de incorporação de empresas no Brasil que são conhecidos. Um deles é a aquisição da Sadia pela BRF em 2012. Outro exemplo ocorreu com a rede de bancos de São Paulo – a Nossa Caixa – a qual foi incorporada pelo Banco do Brasil.

Gostou de saber sobre esse assunto? Aproveite e tire um tempo para descobrir o que é empreendedorismo verde e entenda a importância do tema!