O dia a dia de uma empresa envolve muitas demandas diferentes. Entre elas, as atividades relacionadas às finanças são algumas das mais importantes. E uma ferramenta financeira muito útil é o balanço patrimonial empresarial.

Ele é um relatório que faz toda a diferença na gestão e no planejamento estratégico de um negócio. Que tal aprender mais sobre o tema?

Confira tudo o que precisa saber acerca dele e saiba como montar um balanço na sua empresa.

O que é o balanço patrimonial empresarial?

O balanço patrimonial é um relatório que registra informações contábeis de uma empresa. Elas se referem a um período específico — mensal ou anual, por exemplo — e incluem o registro dos ativos e passivos do negócio.

Isso significa que devem fazer parte do balanço patrimonial empresarial todos os dados referentes a bens, investimentos, direitos, dívidas e obrigações da empresa dentro do período estabelecido. Assim, torna-se possível avaliar a realidade financeira do empreendimento.

Ao registrar os recursos que você tem e as contas que precisa pagar, se chega ao patrimônio líquido. Isto é, subtraindo os passivos dos ativos o empreendedor consegue entender como está o resultado do negócio.

Se os ativos representarem o valor maior, o balanço patrimonial é positivo e há mais dinheiro e bens disponíveis do que contas a pagar. Já quando a situação é oposta indica que a empresa tem mais obrigações do que recursos.

Para que ele serve?

Há uma indicação de se fazer o balanço patrimonial, pelo menos, uma vez ao ano. Cumprir a orientação permite um acompanhamento eficiente das finanças do negócio. Mas qual seria a utilidade de realizar isso?

Uma das principais funções do balanço patrimonial empresarial é permitir o cálculo do patrimônio líquido. Desse modo, o capital da empresa fica mais evidente, já que se sabe o quanto de recursos está disponível depois de descontar todas as obrigações financeiras.

Além disso, a ferramenta possibilita uma gestão mais próxima dos ativos e passivos da empresa. Ela pode ser útil no momento de decidir pela compra de um novo bem ou pelos investimentos que serão feitos no futuro próximo, por exemplo.

Ou seja, o balanço patrimonial empresarial é um recurso importante para o planejamento financeiro da empresa. Na verdade, sua relevância vai além: ele é útil também no planejamento estratégico como um todo, já que as principais decisões de um empreendimento estão ligadas às finanças.

Qual é a importância dele para uma empresa?

Toda empresa deve realizar o balanço patrimonial com frequência, pois ele é uma estratégia central na organização e no planejamento financeiro. Conheça a importância dele como ferramenta de negócio.

Organiza os dados contábeis da empresa

Qualquer empreendimento precisa ter suas informações contábeis organizadas, não é mesmo? Inclusive, erros nesse ponto podem gerar sérios problemas internos — além de causar dificuldades fiscais.

Por diversos motivos, a contabilidade merece atenção e cuidados especiais na rotina de um negócio. Logo, o balanço patrimonial deve ser realizado de maneira adequada para proporcionar a organização dos dados contábeis.

Os ativos e passivos podem ser classificados no balanço patrimonial da forma que você considerar mais eficiente. Com isso, o documento pode fornecer informações úteis, identificar os recursos da empresa e basear ações financeiras — como a divisão de lucro.

Possibilita o planejamento financeiro

Outro aspecto que justifica a importância do balanço patrimonial é servir de passo inicial para o planejamento financeiro. A partir do diagnóstico oferecido por ele, o empresário se vê munido de informações essenciais para se planejar.

Assim, o balanço é uma ferramenta para a gestão empresarial. Os dados contidos nele ajudam a montar previsões condizentes com a realidade da empresa, assim como levantar estratégias para melhoria dos resultados.

Aliado a outros documentos contábeis importantes — como o fluxo de caixa — ele permite a otimização de recursos para aumentar o retorno ou diminuir o endividamento.

Além disso, o balanço também é útil no planejamento tributário. Mantendo seus registros atualizados, torna-se mais simples realizar as declarações fiscais e cumprir as obrigações tributárias em dia.

Promove uma análise histórica

Sua empresa está crescendo nos últimos anos? A resposta dessa pergunta é uma das informações que podem ser retiradas do balanço patrimonial empresaria. E é importante que seja feito, pois a avaliação superficial do seu negócio pode passar uma visão equivocada.

Saber simplesmente que as vendas aumentaram, por exemplo, não é um sinal absoluto de que a empresa vai bem. A comparação do balanço patrimonial atual com as versões passadas pode lhe mostrar que o número de passivos também vem aumentando muito, o que indica endividamento.

É preciso analisar a situação de maneira profunda. Será que os resultados pontuais do negócio estão se refletindo na proporção entre os ativos e os passivos dele? Utilizar o balanço como ferramenta de planejamento permite acompanhar e otimizar essa relação.

Como montar seu balanço patrimonial?

Depois de entender o que é o balanço patrimonial empresarial e a importância que ele tem, aproveite para ver como montar o da sua empresa.

Entenda a estrutura

Basicamente, o balanço patrimonial inclui registros dos ativos e passivos do negócio. Os ativos são todos os bens e recursos que a empresa possui, enquanto os passivos representam as despesas e obrigações financeiras.

Além de fazer uma separação simples entre os dois, é possível estruturar o balanço de acordo com a liquidez de cada ativo: os que estão disponíveis mais rapidamente em dinheiro apresentam maior liquidez.

Já os passivos podem ser classificados como circulantes ou não circulantes, a partir do prazo de cada um. O primeiro grupo reúne aqueles que precisam ser quitados em menos de um ano. Já os não circulantes têm prazo maior que um ano.

Separar os registros de tal forma é uma estratégia útil para simplificar a análise. Ao avaliar os dados, você consegue identificar mais rapidamente as dívidas prioritárias e os recursos que estão disponíveis para pagá-las.

Calcule indicadores de rentabilidade ou endividamento

O balanço patrimonial não existe apenas para reunir algumas informações contábeis. Seu principal intuito é permitir a interpretação dos dados e sua utilização em planejamentos financeiros da empresa.

Para isso, é interessante destacar indicadores que mostrem a rentabilidade ou o endividamento do negócio. No primeiro caso, os resultados do balanço são positivos — diferente do segundo caso. Acompanhar os indicadores lhe ajuda a conhecer a saúde financeira da empresa.

Mantenha o documento atualizado

Realizar o balanço patrimonial pelo menos uma vez por ano é a estratégia indicada para acompanhar a evolução de seu negócio. Afinal, os dados podem ser comparados para que você perceba se a empresa está ampliando seu patrimônio ou enfrentando crises.

Lembre-se de que o ideal é buscar um equilíbrio entre ativos e passivos, obtendo crescimento no patrimônio líquido. Em uma empresa, o endividamento nem sempre representa algo negativo, pois pode proporcionar o crescimento da sua atuação no mercado.

Depois de entender o que é o balanço patrimonial empresarial, você viu que o crescimento isolado de ativos ou passivos não representa todas as informações necessárias. É importante analisar a relação entre eles para entender o que acontece com seu patrimônio líquido.

Quer ver sua empresa crescendo cada vez mais? Confira estratégias para alavancar seu negócio!