Pense no setor de recursos humanos da sua empresa agora e responda: qual é a função que o RH executa? Se a sua resposta foi assinar férias, pagar salários e fazer reposição de pessoas, parabéns, você acertou. Contudo, há um ponto negativo a se pensar: seu RH é pouco estratégico.

O departamento de Recursos Humanos pode fazer muito mais do que apenas burocracias e acertos financeiros. O setor pode se posicionar como um termômetro para alavancar as vendas!

Você deve estar se perguntando como é possível que departamentos tão distintos consiga se aproximar tanto. A resposta está na sinergia de trabalho e na inteligência estratégica que pode ser aplicada nas relações interdepartamentais.

Quer saber mais sobre a relação entre RH e Vendas? Então, fique de olho nas informações a seguir e descubra quais são as principais vantagens!

Como intensificar a relação de RH e vendas?

Indiscutivelmente, o primeiro passo é fazer com que o RH tenha acesso às métricas de desempenho da equipe de vendas.

Não se esqueça que foi o setor de Recursos Humanos quem escolheu os profissionais para vendas. Portanto, nada mais natural que eles tenham acesso às informações de desempenho para saber se fizeram um bom trabalho na escolha dos profissionais.

A atuação estratégica do RH demanda proximidade com as operações empresariais e com as pessoas. Ao conceder inteligência com base em dados do setor de vendas, o RH parte para a execução de processos para beneficiar os resultados.

Veja alguns exemplos abaixo!

1. Execução de treinamentos

Digamos que sua empresa não está obtendo bons resultados de vendas. Se o produto é bom e o custo-benefício também, algo está errado com a abordagem ou com o momento ideal de fazer o approach comercial.

Com base em dados de desempenho, o RH consegue mapear os gargalos e propor soluções que não envolvam troca de pessoas, como os treinamentos.

Capacitação profissional faz parte das preocupações dos Recursos Humanos, porém, eles não vão conseguir adivinhar as necessidades!

Para evitar que a empresa jogue dinheiro fora com treinamentos que não funcionam ou que não se alinham com as operações internas, é preciso dar ao RH conhecimento sobre a atuação plena do setor de vendas.

2. Análise do mapa de competências

Um time é composto por pessoas, e cada uma delas possui fraquezas e pontos fortes. Uma das especialidades do RH é identificar as competências e carências profissionais, desenhando um mapa detalhado, que envolve o perfil dos colaboradores e suas qualidades.

Com base no desempenho de vendas – e conhecendo os profissionais do setor – o RH pode determinar algumas modificações importantes, como, por exemplo, colocar um vendedor mais eloquente para lidar com um cliente mais rigoroso.

Pense como um time de futebol. Sem conhecimento das competências, a equipe de vendas pode estar colocando o atacante como goleiro. O ideal é extrair o melhor de cada um, e o RH é fundamental para este processo de reconhecimento dos talentos e desenho das funções para cada colaborador.

3. Melhoria do clima organizacional

Vendas costuma ser um setor bastante pressionado pelos resultados. Essa realidade traz desafios, e na trajetória para atingir as metas, alguns atritos podem ocorrer.

O papel do RH nesta relação não se reduz apenas à análise estratégica, mas também na solução de problemas humanos, a boa e velha diplomacia dentro do corporativismo.

A aproximação de RH e vendas permitirá uma análise mais ampla sobre o clima organizacional, a postura do líder e a reatividade dos funcionários perante as demandas. Tudo isso deve ser levado em conta para construir um time que trabalha bem motivado e em harmonia.

4. Redução de turnover e reposição estratégica

Quando o RH atua em conjunto com o setor de vendas, essa proximidade permite que se estreitem as relações de confiança e respeito, além de auxiliar na construção de um ambiente de trabalho positivo. Tudo isso coopera para reduzir o turnover nas vendas, algo que é corriqueiro, especialmente devido à pressão por resultados.

E caso haja a necessidade de reposição profissional, a proximidade do RH e Vendas vai auxiliar o processo seletivo. O recrutamento terá plena noção de quais são as demandas e que tipo de perfil profissional é o mais adequado para somar forças ao time.

E o marketing?

O marketing também pode atuar com foco nos recursos humanos. O primeiro gesto de aproximação é a troca de inteligências: marketing transmite o conhecimento para lidar com dados e métricas e o RH fornece inteligência sobre as relações humanas.

Essa troca é interessante para naturalizar o uso de dados no RH para tornar sua atuação mais estratégica. Ao mesmo tempo, o marketing ganha inteligência para desenvolver ações internas (o famoso endomarketing).

Juntos, os dois setores podem analisar KPIs e determinar alguns objetivos para o setor de vendas.

A soma das expertises dos dois setores é fundamental para que sejam construídas metas atingíveis, que não tragam pressão demasiada sobre os vendedores e que sejam condizentes com a realidade empresarial e a dinâmica da equipe.

Aproximar RH e vendas é fundamental!

Atualmente se fala muito em sinergia nas operações empresariais. Com o avanço da tecnologia e as mudanças no mercado, não há mais motivos para estruturar departamentos que caminham paralelamente.

O ideal é adotar uma perspectiva holística sobre as operações. Somente uma visão plena sobre o funcionamento dos processos internos vai garantir à uma empresa a inteligência necessária para atuar de forma estratégica.

Aproximar RH e vendas pode até parecer algo pouco provável, porém, não podemos nos esquecer que ambos trabalham com o mesmo objetivo, que é gerar bons resultados para suas empresas. Sendo assim, não há razões para manter um setor de RH apenas para executar funções burocráticas.

O RH do futuro é estratégico, mais do que isso, ele é protagonista no desenvolvimento das melhores ações, focando em resultados e operando para que o fator humano sempre esteja em evidência dentro do universo corporativo.

São as pessoas que geram resultados empresariais, não a marca. E é esse pensamento que está estimulando a aproximação dos setores e a construção de uma forte parceria entre o departamento de Recursos Humanos e a equipe de vendas.

Como sua empresa está estruturando a relação entre RH e Vendas? Existe uma proximidade? O que você pensa sobre isso? Deixe sua opinião e compartilhe suas experiências deixando o seu comentário!