A captação de leads é um dos grandes desafios dos profissionais de marketing. Muitas marcas falham por não saberem cultivar leads ou potenciais clientes. São vários os conjuntos de estratégias para leads, mas muitos focam só em um ou outro aspecto da conquista.

Hoje, falar que o diferencial é conteúdo de qualidade não cola mais. Isto já não é o bastante, embora seja fundamental – e o mínimo para atração de tráfego orgânico. Do mesmo modo, a estética do seu site dificilmente será suficiente para atrair organicamente os visitantes, apesar de essencial para que continuem em seu domínio ao acessá-lo.

Com efeito, é importante abordar a geração de tráfego, pois nele está as suas possibilidades de adquirir potenciais clientes para os produtos ou serviços que oferece. Entretanto, é necessário pensar na taxa de conversão: qual a sua estratégia para aumentá-la e, finalmente, conseguir converter os acessos em potenciais clientes?

Veja algumas dicas de como captar leads grátis para seu negócio. Confira!

Dicas para a captação orgânica de leads

Primeiramente, toda estratégia de marketing com fim na captação de leads qualificados deve considerar o funil de vendas. Assim, a estratégia começa já no estudo de seu público. Com a divisão da audiência em mente, você consegue focar na conversão específica de um ou outro grupo de visitantes, potencializando as chances de conversão.

Mas por que isso? Bem, embora sejam importantes estratégias de SEO, não basta um call to action único para o visitante consumir tal produto ou contratar um serviço e, pronto, clientes conquistados. Você precisa oferecer mais do que produtos e serviços; informações de qualidade e uma boa relação são essenciais para a conversão em leads.

Agora que foi abordada a importância e os problemas de se pensar em toda a estratégia de marketing para atingir seu público, o artigo apresenta dicas interessantes para a conversão. Aproveite a leitura, anote tudo e coloque-as em prática.

1.   Conteúdo de qualidade

Basicamente, tudo começa aqui. Como já foi abordado, você precisa de tráfego para ter potenciais clientes, e a única forma de conquistá-lo organicamente é oferecendo um bom conteúdo. Isto, na verdade, é o mínimo que qualquer produtor de conteúdo pode oferecer. Com os milhares de sites na internet, você deve apresentar um diferencial.

Mas o que seria um conteúdo de qualidade? Aqui é uma parte que pega grande parte dos produtores de conteúdo. Um bom conteúdo não é apenas uma informação de relevância social, apresentada em bom layout e boa escrita. Além de pensar no aspecto humano do trabalho  – de produção e consumo – pense nos algoritmos, isto é, nas estratégias de SEO.

Além disso, como já foi brevemente abordado, você deve produzir conteúdo para sua audiência com base no estágio do funil de vendas na qual eles se encontram. Essa análise para produção também configura um conteúdo de qualidade.

Por exemplo, alguém que ainda está no início do engajamento da sua empresa demanda um conteúdo diferente das que se encontram no fundo do funil. Desse modo, fique atento ao conteúdo que produz, e o direcione, especificamente, para aquele nicho da sua audiência.

E também não foque seus conteúdos apenas na atração de vendas. Procure entender suas personas e seus visitantes para que você possa produzir conteúdos que sejam relevantes a eles para além da  compra do seu produto. Essa é uma importante estratégias para o estabelecimento de uma boa relação, facilitando a conversão em cliente.

2.   Tenha um blog ativo

Já falamos das razões para se ter um blog em outro artigo do site. Essa é uma dica óbvia, pois só consegue visualizações quem se mostra na internet. Assim, além de conteúdos de qualidade, estabeleça uma frequência para suas postagens, por assim, mais facilmente, os visitantes adquirem o hábito de acessar sua propriedade online.

Um blog oferece inúmeras oportunidades de estratégias para captar leads. Então, considerando o que foi falado no item anterior, faça seu planejamento de conteúdo de qualidade a partir de temas relevantes para seus diferentes visitantes, considerando as etapas em que eles se encontram no processo de fidelização.

Atualmente, são inúmeras as ferramentas que permitem a você analisar as métricas das interações dos usuários com o seu domínio. Assim, aproveite bastante delas para identificar erros, acertos, novas pautas e os melhores dias e horários de postagens, por exemplo.

Além disso, a manutenção de um blog é perfeito para uma landing page de conversão, na qual você deve mostrar os benefícios do visitante se tornar um assinante da sua marca. Portanto, crie uma seção para cadastros e deixe-a em fácil acesso no blog. Além disso, deixe as informações sobre sua marca sempre visíveis no site.

3.   Formulários práticos

Engana-se quem pensa que os formulários pararam na década passada, eles são até hoje a forma mais eficaz de captar leads. No entanto, você deve ter em mente que o uso e consumo de conteúdo digital é rápido e tudo deve ser prático. Assim, os formulários têm se modernizado.

Quanto mais lacunas o visitante deve preencher para se tornar um cliente em potencial, menores as chances de ele terminar a tarefa. Assim, deixe-os simples e objetivos para que o visitante não perca muito tempo neles. Então, as chances de conversão aumentam conforme a agilidade no preenchimento.

Ainda em relação aos formulários de cadastro, deixe-os sempre à vista. Bem posicionados nos sites, você deve deixar claro que  deseja acesso a informações sobre o visitante em troca de alguns benefícios, que serão abordados na próxima seção.

4.   Disponibilize infoprodutos

Fazendo um link com a seção anterior. Esta é uma relação de troca, certo? Portanto, invista na disponibilização de conteúdo, seu ou de parceiros, em troca do preenchimento dos formulários e, consequentemente, da geração de leads.

Tenha sempre em mente que os infoprodutos a serem oferecidos devem estar em consonância com o conteúdo, produtos ou serviços que você oferece a aos interesses de cada um dos segmentos do seu público.

Dentre as opções de infoprodutos, você pode apostar em ebooks – que pode aprofundar algum tema relacionado à sua marca, demonstrando o interesse e experiência da sua empresa sobre o que é abordado – ou em webinars – seminários online de grande eficiência para compartilhar conhecimento sobre seu segmento de atuação, gerando credibilidade nos visitantes.

São, portanto, estratégias extremamente eficientes, pois o ebook, geralmente, é disponibilizado para download em troca do preenchimento de um cadastro. Em relação ao webinar, a participação geralmente exige que o usuário preencha um cadastro, sendo, também uma forma eficiente de gerar leads.

5.   Aposte em parcerias

Parcerias se provam cada vez mais eficazes para as duas marcas, quando as estratégias de produção de conteúdo de ambas são eficientes e de qualidade. No entanto, defina bem quais serão seus parceiros. Foque em setores complementares ao de sua marca e que não sejam seus concorrentes.

As parcerias são ótimas, pois, a partir delas, é possível realizar ações eficazes de marketing, como o Link Building, o co-marketing e a cross-promotion. Com a colaboração na produção e divulgação de conteúdo nos blogs dos parceiros, você atinge um público diferente que possivelmente estará interessado em seu conteúdo.

Além disso, essas ações em parceria aumentam suas chances de rankear na primeira página do Google, o que é um dos grandes objetivos das estratégias de marketing e essencial para aumentar o tráfego orgânico de seu site e, consequentemente, as possibilidade de captar leads.

E agora, com essas dicas, você está mais confiante sobre as possibilidades de captação de leads? Quais outras ações você acha importante? Deixe nos comentários.