Você sabe o que é uma campanha de e-mail? Bom, provavelmente sua caixa de entrada deve ter alguns exemplos neste exato momento.E engana-se quem pensa que o e-mail é uma “comunicação morta”. Aliás, esse é um erro cometido por muitas empresas.

Quem não acredita no poder das campanhas de e-mail ainda pensa com a antiga mentalidade de comunicação digital, no qual as pessoas eram bombardeadas por uma infinidade de mensagens de vendas sem sentido algum. De fato, o e-mail foi explorado de forma errada durante muito tempo. Contudo, as estratégias estão se reinventando e se tornando bem eficientes.

De acordo com a pesquisa E-Mail Marketing Trends, de 2018, 76,7% das empresas consultadas usam estratégias envolvendo e-mail marketing e outras campanhas, e 52% relataram sucesso com as ações.

Isso significa que, quando bem executada, uma campanha de e-mail pode trazer bons resultados para o seu negócio. No post de hoje você verá mais sobre as campanhas, como elas funcionam e quais são os passos para criar e-mails que convertem. Boa leitura!

O que é uma campanha de e-mail?

Campanha é o nome dado para alguma ação estratégica de marketing que uma empresa está desenvolvendo. No caso do nosso tema de hoje, essa ação se estrutura por meio do envio de e-mails para uma lista de pessoas.

As campanhas de e-mail podem ter diferentes formatos, veja alguns exemplos a seguir.

E-mail marketing

O e-mail marketing é uma mensagem com finalidade comercial, de apresentação de produtos ou serviços. Por meio dele, uma empresa tem a possibilidade de se apresentar para o público e divulgar para eles o que ela tem de melhor a oferecer.

E-mail promocional

Se sua empresa está realizando algum tipo de promoção ou oferta, isso pode ser divulgado para o mailing de maneira exclusiva, chamando atenção para o produto/serviço que está sendo anunciado.

Esse tipo de comunicação é mais focada em produto do que na própria empresa. Por isso, são mais agressivos nas estratégias de captação.

E-mail informativo

Nem tudo no universo das campanhas de e-mail é focado em vendas. Sua empresa pode muito bem fazer e-mails informativos, compartilhando conteúdos, novidades e informações que são úteis para gerar autoridade e chamar a atenção da audiência para o seu negócio.

Newsletter

Newsletters são uma espécie de comunicação periódica que uma empresa mantém com uma base de assinantes. Elas são menos focadas em divulgação comercial e voltadas a oferecer informações de interesse do público. Contudo, nada impede que elas tenham um pouco de divulgação sobre seus serviços.

A base de envio da newsletter deve ser tratada com muito carinho e atenção. Afinal, as pessoas optaram por receber notícias da sua empresa ao assinarem a newsletter.

O que minha empresa ganha ao fazer uma campanha de e-mail?

A grande vantagem de estabelecer comunicação via e-mail com a empresa é a possibilidade de manter-se em contato com uma base de interessados nos seus produtos. Além das pessoas já interessadas, é possível despertar a atenção de gente que ainda não tem muito conhecimento sobre sua empresa, mas que podem ser tornar potenciais clientes.

Junto com isso, o e-mail é uma arma estratégica para o marketing digital. Sendo assim, ele abre possibilidades para você:

  1. gerar leads;
  2. estabelecer fluxos de nutrição via e-mail;
  3. se comunicar com mais proximidade (já que os emails podem ser personalizados com o nome de cada remetente);
  4. gerar autoridade por meio de informações compartilhadas nas campanhas;
  5. mensurar o engajamento por meio das métricas de abertura, taxa de cliques e taxa de rejeição.

Como fazer uma boa campanha de e-mail?

Para executar uma campanha de sucesso, é importante pensar nos seguintes aspectos:

1. Ter conteúdo para compartilhar

E-mail vazio não leva ninguém a lugar algum. É preciso ter conteúdo para apresentar, seja este uma oferta ou uma sugestão de leitura no seu blog.

Ter conteúdos em blogs é, inclusive, bastante recomendável para quem quer estabelecer comunicação via e-mail que não seja focada apenas no compartilhamento de ofertas.

2. Construir a base de contatos e segmentá-la

É preciso ter destinatários para enviar seus e-mails, certo? A forma de captação dos endereços pode ser feita de diversas maneiras, desde um formulário no site até no momento em que uma venda é concretizada.

A forma de captação é uma estratégia que precisa ser bem definida, assim como a segmentação.

Empresas que trabalham com estratégias de marketing digital costumam usar a metodologia do funil de vendas, e ela difere os diferentes estágios de interesse de uma pessoa nos serviços e produtos da sua empresa.

É fundamental segmentar as listas para não “chover no molhado” ou afastar o interesse das pessoas com mensagens de apelo comercial muito forte quando elas ainda não estão preparadas para receber esse tipo de approach comercial.

3. Definir uma plataforma para construção e envio das mensagens

Bons e-mails corporativos possuem uma estética atraente. Por isso, as empresas utilizam algumas ferramentas de montagem.

Aqui está uma pequena lista de ferramentas de montagem de campanhas de e-mail:

  1. Mailchimp
  2. MailerLite
  3. Sendinblue
  4. Campaign Monitor

Todas elas são bem construídas e vão dar conta do recado. A questão é que todas requerem uma certa habilidade, nada muito elevado. Porém, é interessante estudá-las um pouco antes de enviar qualquer mensagem para entender o potencial e os recursos.

4. Usar uma linguagem adequada e acessível ao público

E-mails precisam ser atraentes e rápidos na leitura. Caso contrário, crescem as chances do destinatário descartar sua mensagem sem dar ao menos uma olhada no conteúdo.

Sendo assim, uma boa campanha de e-mail deve ter uma linguagem dinâmica, acessível ao público-alvo e capaz de atrair não só para a leitura quanto para os CTAs que devem estar presentes na campanha.

5. Utilizar um assunto capaz de chamar a atenção

E-mails possuem títulos, é o que os especialistas chamam de assunto. O título é fator determinante para a performance da campanha de e-mail. Assuntos fracos não conseguem captar a atenção da audiência, mesmo que o e-mail esteja recheado de bons conteúdos.

É imprescindível caprichar na escolha do assunto para que o desempenho da mensagem seja compatível com as expectativas da empresa.

Qual é a melhor forma de construir uma campanha?

Por se tratar de uma comunicação estratégica e muito sensível (já que o desempenho demanda uma construção muito bem feita), o ideal é deixar suas campanhas de e-mail nas mãos de profissionais.

Empresas de conteúdos digitais, como a ABContent, possuem equipes especializadas na confecção de e-mails matadores, capazes de converter, gerar autoridade e engajar os destinatários.

Produzir uma campanha de e-mail sozinho pode fazer com que você desvie dos principais assuntos da sua empresa. É melhor focar no core business e deixar as atividades de marketing sob responsabilidade de um time competente e pronto para colocar no papel a estratégia certa para o seu negócio, mesmo que sua empresa opere em nichos  especializados.

Quer saber mais sobre como podemos ajudar a sua empresa a criar campanhas de e-mail, boletins informativos, artigos para blogs e e-books? Então entre em contato conosco!