Com o crescimento do uso dos dispositivos móveis, ter um site responsivo se tornou essencial. Isso porque um site com web design responsivo consegue se adaptar à tela do dispositivo móvel que o usuário está utilizando.

Assim, ele permite uma melhor experiência de navegação e, consequentemente, ajuda a alavancar as suas vendas. Além disso, um site responsivo pode trazer uma série de outros benefícios, que ressaltam sua importância para o marketing digital.

Quer entender melhor? Confira este artigo e veja por que vale a pena considerar um site responsivo para a estratégia digital do seu negócio!

O que é um site responsivo?

Um design responsivo é uma abordagem de design de interface gráfica do usuário (GUI, sigla do inglês graphical user interface). Ela é usada para construir um site que se ajusta automaticamente a diversos tamanhos de tela que um visitante pode utilizar para visualizá-lo.

Logo, um site responsivo responde ao dispositivo — seja tablet, smartphone, smartwatches, computador etc. Ele redimensiona o conteúdo do site de acordo, sem apresentar problemas como distorções nas imagens. Assim, não atrapalha a experiência de navegação do usuário.

Por exemplo, se você visualizar o site em um dispositivo desktop verá um menu de navegação alinhado horizontalmente. Se abrir a página do seu dispositivo móvel, notará que o menu está alinhado verticalmente.

Desse modo, o visitante pode rolar para cima ou para baixo para ver todo o conteúdo, em vez de precisar ampliar e rolar para várias direções. Além disso, você perceberá que a largura do texto e o tamanho das imagens se adéquam ao tamanho da tela do dispositivo.

Qual a diferença entre site responsivo e site mobile?

Apesar da similaridade entre site mobile e site responsivo, há diferenças entre eles que precisam ser ressaltadas. Como você viu, o site responsivo possui páginas que se adaptam automaticamente a diversos tipos de tela.

Enquanto isso, o site mobile é uma página da web construída exclusivamente para aparelhos móveis — como tablet e smartphone. Portanto, ele não é adaptado para site desktop.

Normalmente, esse site é alocado em um subdomínio. Então, quando o visitante acessa o site com versão desktop pelo smartphone, ele é redirecionado automaticamente para o site mobile.

Além dessa diferença, cada opção apresenta suas vantagens de aplicação. O site responsivo tem um processo de construção mais simples, o que exige um investimento menor. Ele também atende às determinações do Google para ranqueamento.

Em contrapartida, o site mobile tem uma navegação mais dinâmica e prática. Além disso, ele costuma carregar mais rapidamente que o site responsivo. Afinal, foi desenvolvido exclusivamente para esse tipo de aparelho.

Qual a importância de um site responsivo?

Ter um site responsivo traz diversos benefícios, o que reitera a sua importância para o marketing digital. Entre eles, destacam-se:

Menor custo e manutenção de site

Com um site responsivo você não precisa manter um site para cada tipo de dispositivo que o usuário acessa. Afinal, ao trabalhar com ele, é possível criar uma estrutura que se adéqua a qualquer tipo de aparelho.

Dessa forma, haverá uma redução no custo do site. Além disso, ele leva menos tempo para configurar. E os sites responsivos apresentam um bom retorno de investimento por atrair mais leads, como você verá mais adiante.

Melhora os seus esforços de SEO

Antes, a indexação no Google era baseada na versão desktop. Entretanto, houve uma mudança de comportamento do consumidor — que passou a utilizar o celular frequentemente para acessar a internet. Assim, a empresa passou a favorecer o web site responsivo.

Tempos depois, o Google definiu que um dos principais critérios de ranqueamento é a adaptação dos conteúdos em diferentes telas. Portanto, ter um site responsivo não apenas ajuda seu site a aparecer nos resultados do mecanismo de busca do Google, mas também a estar bem posicionado.

Maior tráfego para o site

Os primeiros resultados da busca orgânica do Google são privilegiados, pois recebem as maiores taxas de cliques — especialmente a primeira posição. E, como você viu, o buscador favorece os sites responsivos, subindo-os na listagem.

Logo, ter um site responsivo pode ajudar a alcançar um lugar privilegiado, aumentando as chances de gerar mais tráfego para o seu site. Cabe ressaltar que a responsividade não é o único fator, mas contribui significativamente para melhorar o ranqueamento do seu site.

Aumento na geração de leads, vendas e conversões

Como você viu, os sites responsivos têm um fator a mais para estar em boas posições no Google, o que contribui para aumentar o tráfego no site. E mais tráfego implica em mais oportunidades de vendas e conversões, certo?

Ademais, um site responsivo permite que os usuários tenham uma experiência positiva enquanto navegam. Afinal, ele não estará todo desconfigurado. Dessa forma, os visitantes tendem a permanecer mais tempo no site, aumentando as chances de realizar uma ação.

Como deixar o site responsivo?

Agora que você entende a importância do site responsivo para o seu marketing digital, ao conhecer o seu conceito e seus benefícios, deve estar se perguntando como trazer essa característica para o seu site.

Confira algumas dicas!

Aposte em um layout flexível

A base de um design responsivo é um layout flexível baseado em grades. Para serem flexíveis, é necessário definir medidas relativas para elas no CSS, normalmente em porcentagem. Assim, as colunas e linhas se reorganizam automaticamente conforme o tamanho da tela.

Use imagens flexíveis

As imagens também precisam ser flexíveis para que um site seja responsivo.  Você pode fazer isso ao definir os elementos min-width e max-width no CSS, que determinam o tamanho mínimo e máximo do elemento.

Outra maneira é utilizar uma ferramenta para otimizar a imagem antes de inseri-la no site. É o caso, por exemplo, do Adaptive Images.

Respeite os limites de largura da tela

No momento de criar o seu layout para que o site seja responsivo, é importante respeitar os limites de largura da tela. Para tanto, você pode adotar padrões. Alguns deles são, por exemplo: menor do que 480 px para smartphones menores e maior do que 768 px para tablets e desktops.

Além da página adaptada para diferentes telas, das imagens redimensionadas e dos limites respeitados, também é fundamental reajustar as fontes, ter links bem definidos, entre outros detalhes. Antes de atualizar e publicar o site, não se esqueça de testá-lo em um dispositivo.

Neste artigo, você viu qual é a importância do site responsivo para o seu marketing digital. Por isso, lembre-se de implementar ações que melhorem a experiência do usuário enquanto navegam por meio de um dispositivo móvel.

Gostou deste conteúdo? Se você tem um site e está à procura da melhor empresa de produção de conteúdo educacional para os segmentos de finanças, investimentos, negócios e empreendedorismo, entre em contato com a ABContent!