Você sabia que há diferentes maneiras de levar tráfego para o seu blog e site? Muitos não param para pensar nesta questão, mas seu site pode receber visitantes de diversas fontes – e você precisa conhecê-las.

No começo, pode ser difícil ter um site com muitos visitantes. Mesmo assim, o tráfego do seu site precisa sempre ser trabalhado para que sua empresa consiga atingir o objetivo principal, que é vender e conquistar clientes.

Por isso, a melhor saída é trabalhar todos (ou quase todos) esses tipos de tráfego, a fim de ter um resultado mais rápido no médio e longo prazo.

Continue a leitura deste artigo e aprenda sobre os diferentes tipos de tráfego para blog e site. Descubra, ainda, como potencializar sua estratégia de marketing de conteúdo para atrair ainda mais leitores e potenciais clientes!

Por que pensar tanto no tráfego do site?

Antes de falar sobre as diferentes maneiras de levar tráfego para um blog, você sabe da real importância de entender sobre o assunto?

Ter tráfego e construir audiência é extremamente importante para qualquer empresa. Sem isso, o negócio não é encontrado pelo público-alvo e não gera resultados no médio e longo prazo.

Por conta disso, o tráfego deve ser trabalho desde o inicio em uma estratégia de conteúdo, para que seu site seja mais visitado – principalmente seu blog. Afinal, ele pode ser definido como a alma da sua empresa na internet.

Lembre-se que é o blog com conteúdos de qualidade que atrai pessoas até seu site e até sua empresa. É a partir do blog, portanto, que seu público-alvo passa a confiar nela e, futuramente, se tornar clientes.

Quais tipos de tráfego existem?

Há 6 tipos de tráfego que você pode e deve apostar para construir sua audiência e fazer o site da sua empresa ser bem visitado.

Confira mais sobre cada um deles abaixo:

1. Tráfego orgânico

O tráfego orgânico é, com certeza, o mais importante de todos. Por isso, construí-lo desde o início deve ser ordem para que sua estratégia de marketing digital seja bem sucedida.

O tráfego orgânico é aquele que você conquista por meio do seu esforço e sem custo com ads. Ou seja, por meio de conteúdos de qualidade e que estejam de acordo com os padrões dos mecanismos de busca.

Ao longo prazo, é o que mais traz resultados e o que mais traz clientes e vendas. E há uma explicação para isso: quando uma pessoa tem uma dúvida, ela pesquisa por alguma resposta nos mecanismos de busca. E, quase sempre, entra em um blog.

Em alguns casos, o consumidor pesquisa por algo que realmente precisa adquirir e, quando encontra a solução em algum blog, as chances de entrar no site da empresa e se tornar cliente é muito maior. Ou seja, o tráfego acaba sendo qualificado.

No entanto, o tráfego orgânico não é fácil de se obter e costuma demorar, trazendo resultados no médio e, principalmente, no longo prazo. Vale destacar que, para que este objetivo seja alcançado, é preciso contar com um time especializado em conteúdos para o seu nicho de atuação.

2. Tráfego pago

O tráfego pago é aquele no qual se faz necessário pagar para obtê-lo. Você pode utilizá-lo para levar pessoas a alguma pagina de vendas de algum produto ou, simplesmente, ao seu site para que conheçam sua empresa.

Esse tipo de tráfego pode ser bom no início, enquanto sua empresa ainda não tem um posicionamento na internet e está construindo o tráfego orgânico e social. Utilizá-lo no longo prazo sairá muito caro e não valerá tanto a pena, principalmente porque o orgânico costuma ser melhor nesse tempo.

Além disso, importa mencionar que o tráfego pago jamais pode ser visto como uma opção a estratégia de marketing de conteúdo e construção do tráfego orgânico! Ele pode ser utilizado no início do seu blog ou para vender diretamente, mas nunca como um substituto do tráfego orgânico!

Até porque o tráfego pago funciona como um leilão. Se alguém pagar mais para aparecer nas primeiras posições pelos mesmos termos que você, seu posicionamento cairá.

3. Tráfego direto

O tráfego direto não tem muito segredo e é um dos que as empresas mais almejam. Trata-se do tráfego no qual o usuário dá o primeiro passo e digita a url do seu site ou do seu blog diretamente no navegador e entra na sua página sem intermediários.

O tráfego direto acontece quando já há uma certa fidelização do cliente com a empresa. Apesar de ter muita força para os mecanismos de busca, os negócios só conseguem esse tipo de tráfego depois de trabalhar muito o orgânico, construir autoridade e de conseguir muitos clientes e seguidores fiéis.

4. Tráfego social

Esse tráfego é proveniente das redes sociais. No início de uma estratégia, é o que mais acaba trazendo resultados e o que mais ajuda o seu blog a ganhar audiência.

Funciona muito. Logo, o ideal é sempre contar com as redes sociais para construir audiência e engajamento e levar as pessoas até o seu site, compartilhando os artigos do blog ou chamando as pessoas para lerem seus conteúdos.

5. Tráfego de referência

Outro tráfego importantíssimo, mas que a empresa só consegue depois de um tempo de estratégia de conteúdo. O tráfego de referência existe quando o seu conteúdo aparece em outro site, por meio de link building.

Link building é muito importante para o marketing digital. Quando um site faz linkagem para algum artigo seu, o Google entende que seu conteúdo é relevante e lhe dá pontos – melhorando o seu posicionamento.

Conforme seu blog for crescendo e você for postando conteúdos de qualidade, as chances de outros sites fazerem referência ao seu conteúdo aumentam.

6. Tráfego de e-mail marketing

Trabalhar com e-mail marketing é muito importante e você precisa capturar leads para nutri-los e guiá-los na jornada da compra até o momento de comprarem da sua empresa.

O tráfego proveniente de e-mail marketing é aquele no qual você consegue quando envia e-mails para sua lista de contatos e eles acessam seu site, blog ou conteúdo por meio de um link que você enviou no e-mail.

Qual o melhor tipo de tráfego?

Não há melhor nem pior. Todos podem ajudar muito a sua empresa. No entanto, considere que o tráfego orgânico é o mais importante.

Por isso, você deve ter estratégias para construí-lo e fortificá-lo, apostando na entrega de conteúdos de qualidade, técnicas de SEO e constância nas publicações. Além, é claro, de priorizar a experiência do usuário.

De qualquer forma, considere utilizar todos os que puder para levar pessoas ao seu site, principalmente os provenientes de redes sociais e de e-mail marketing – que de certa forma, não deixam de ser uma forma de tráfego gratuito.

Conclusão

Levar tráfego para o seu blog fará o site da sua empresa ser encontrado por mais pessoas e, consequentemente, ajudará você a vender mais. O ideal é utilizar todos eles, mas tenha em mente que aquele que mais lhe trará resultados no longo prazo é o tráfego orgânico.

Portanto, construa-o com foco na entrega de conteúdos especializados, diferenciados e de qualidade. E aposte na constância de publicação no seu blog!

Aproveite e comece a fortalecer sua presença online e construir seu tráfego orgânico com a ABContent, um serviço de produção de conteúdo especializado em finanças, investimentos, negócios e empreendedorismo.

Entendemos o seu negócio, seus problemas e sabemos como lhe ajudar a conquistar clientes! Entre em contato conosco e veja o que podemos fazer para ajudar sua empresa a decolar!