Os mecanismos de busca, especialmente o Google, alteram seus algoritmos a todo momento — e quem trabalha com um blog precisa ficar atento a essas modificações. É por isso que, ao colocar em prática suas estratégias de marketing em 2022, é preciso conhecer as novidades e tendências de SEO.

Enquanto algumas práticas continuam inalteradas, surgiram novas maneiras de proceder e outras ações começaram a ter um grau de importância maior. Ao conhecer o que funciona melhor, é possível fazer as adaptações necessárias em sua estratégia rumo a posições mais elevadas nas pesquisas.

Quer saber o que mudou no SEO em 2022? Então continue a leitura do artigo e veja o que pode ajudar seu site a ficar melhor ranqueado!

O que é SEO?

Antes de entender as mudanças, vale a pena entender o que é o SEO no marketing digital. Sigla para search engine optimization, ou otimização para mecanismos de busca, o conceito envolve dezenas de fatores que afetam o posicionamento de um site nas páginas de resultado dos mecanismos de busca (SERP).

Isso acontece porque os mecanismos de busca, como o Google, usam critérios próprios para avaliar quais sites podem ser mais interessantes ou apresentam maior qualidade. A ideia é oferecer a melhor resposta e uma experiência diferenciada para o público, aumentando a satisfação do usuário.

Como consequência, é possível obter resultados melhores — como mais tráfego orgânico e posicionamento de destaque em relação aos concorrentes.

Quais técnicas de SEO que se consolidaram nos últimos anos?

Antes de entender as tendências de SEO para o ano, é interessante saber quais são as estratégias que já se consolidaram. Assim, você saberá onde investir em 2022 para conseguir os resultados desejados para as suas estratégias online.

Por isso, veja quais são boas práticas de otimização que já estão consolidadas e descubra como colocá-las em prática!

Responsividade

A responsividade de um site corresponde à capacidade de seu layout se adaptar a diferentes tamanhos de tela e dispositivos. Considerando o volume crescente de acessos e buscas realizadas por dispositivos móveis, essa é uma condição que já era importante, mas se tornou indispensável para 2022.

Na prática, a tendência é que os mecanismos de busca priorizem sites com carregamento rápido e que sejam fáceis de usar pelo computador, celular ou tablet, por exemplo. Logo, se o seu site não for responsivo, poderá ter dificuldade para ranquear e correrá o risco de perder tráfego.

Featured snippets

Quando esse recurso está disponível em uma busca, a página exibe um box, acima de todos os resultados, com a provável resposta para o termo pesquisado. Então essa é uma forma de ocupar uma posição de destaque em relação aos demais resultados orgânicos.

Para obter um snippet, é preciso apresentar uma resposta original, completa e relevante para uma dúvida ou dor da audiência. Normalmente, as respostas devem aparecer em forma de:

  • parágrafos;
  • bullet points;
  • listas numeradas;
  • tabelas e outras opções.

Esse recurso é importante porque oferece a resposta rapidamente ao usuário sem que ele precise entrar em um site. Além disso, ele pode ajudar a empresa a ganhar exposição e a reforçar seu posicionamento no ambiente online.

Pesquisa por voz

As pesquisas realizadas por ferramentas como Google Assistant, Siri, Alexa ou outras opções de assistentes virtuais são cada vez mais utilizadas para encontrar conteúdo na internet. Para atender à pesquisa por voz, é preciso adaptar seu conteúdo de maneira relevante.

Desse modo, a produção de conteúdo para o seu blog não deve levar apenas em consideração a palavra-chave que deseja ranquear. Nesse contexto, é essencial focar nos termos utilizados pela persona no momento em que ela faz pesquisa por voz.

É por isso que conteúdos adaptados para a pesquisa por voz costumam utilizar termos maiores e mais contextuais que as palavras-chave tradicionais.

Intenção de busca do usuário

Quando as estratégias de SEO começaram a ser utilizadas, ranquear uma página para determinada palavra-chave exigia apenas a repetição da correspondência exata ao longo do artigo. O problema é que nem sempre o usuário encontrava a resposta desejada nos resultados apresentados.

Então, para oferecer uma experiência melhor, os mecanismos de busca passaram a priorizar a intenção de busca do usuário. Por meio de recursos mais inteligentes, os buscadores conseguem identificar melhor o que os usuários desejam e, assim, podem apresentar conteúdos mais compatíveis com os interesses.

Com isso, o Google passou a reconhecer padrões, contextos, semântica, sinônimos e sentidos de frases diversas. Isso deu origem ao Latent Semantic Indexing (LSI), que envolve a busca semântica e não apenas o termo específico da palavra-chave.

Para se adaptar a essa tendência, é interessante trabalhar sinônimos e palavras-chave secundárias (ou tags) relacionadas no conteúdo. Ao dar contexto para o algoritmo, maiores são as chances de que ele entenda a proposta do seu site e o inclua nos resultados de pesquisa.

Topic clusters e pillar pages

Ter uma boa quantidade de conteúdo e que seja de qualidade no seu site conta muito no ranqueamento. Mas você já pensou em agrupar esses conteúdos?

A probabilidade de você ter artigos de temas semelhantes espalhados pelo seu site é grande e agrupá-los em uma categoria seria mais organizado. Além disso, ter diversas páginas com conteúdos semelhantes pode confundir o Google.

Por exemplo: se você tem muitos textos falando sobre “investir em renda variável” e “tipos de investimentos de renda variável”, os mecanismos de busca podem ter dificuldades para escolher qual dos artigos ranquear. Uma solução seria criar pillar pages e apostar nos clusters de conteúdo.

Mas, o que isso significa? A estratégia se baseia em separar o conteúdo e criar seções para assuntos específicos. A pillar page é a página principal, responsável por abordar um assunto de maneira completa.

Já as páginas satélites são aquelas referenciadas na página pilar, facilitando a estratégia de link building. Por fim, os topic clusters servem para agregar conteúdos semelhantes e complementares — essenciais para oferecer uma melhor experiência ao seu leitor.

Com essa abordagem, o Google saberá identificar qual artigo ranquear, por causa da trilha de navegação e hierarquia das URLs.

E-A-T

Outra entre as tendências consolidadas de SEO é a técnica EAT. Essa é uma sigla que significa Expertise (conhecimento), Authority (autoridade) e Trustworthiness (confiabilidade). O Google se preocupa com o usuário e quer ter a certeza de que o conteúdo ranqueado é realmente bom.

Portanto, se você quer ranquear bem seu site, precisa demonstrar conhecimento, autoridade e confiabilidade no seu nicho. Algumas técnicas que podem ajudar são:

  • fazer guest posts;
  • falar em palestras e conferências;
  • aparecer em outros canais de mídia;
  • fazer entrevistas;
  • receber prêmios, entre outras.

A ideia é comprovar que você é uma autoridade, detém conhecimento e produz conteúdo confiável. Ainda, é fundamental oferecer ao leitor conteúdo relevante no seu site ou blog.

Afinal, de nada adiantará adotar uma estratégia de posicionamento e autoridade online se a qualidade dos seus conteúdos não acompanharem essa diretriz. Assim, ao contar com uma equipe especializada para produzir os conteúdos do seu blog, a tendência é que seu conteúdo seja mostrado em posições de destaque.

Escrita para pessoas e otimização para mecanismos

Além das técnicas apresentadas, vale ressaltar que você deve escrever para as pessoas — e não para os mecanismos de buscas. Então é preciso ter como objetivo produzir conteúdos de qualidade e que entregam valor para a sua persona.

É esse tipo de abordagem que fará com que as pessoas retornem e se engajem com o conteúdo e, posteriormente, com a sua marca. No entanto, otimizar seus artigos para os mecanismos ainda é necessário e deve ser considerado ao formular a sua estratégia.

O que mudou para o SEO marketing em 2022?

Além das técnicas que já se provaram relevantes, existem novidades ou temas que ganharam mais relevância para 2022. A seguir, veja o que mudou para o SEO em 2022 e saiba quais pontos merecem atenção!

Core Web Vitals

Uma das principais novidades para 2022 envolve o Core Web Vitals. Ele corresponde a um conjunto de métricas que ajudam a mensurar a experiência do usuário (UX) em um site. Como esses indicadores foram desenvolvidos em 2021, estão entre os principais elementos para investir em 2022 ao fazer SEO.

Entre as diretrizes principais, há três pontos que merecem atenção. Confira:

  • Largest Contentful Paint (LCP): serve para medir o tempo de carregamento das partes principais da página. Quanto menor for o período, melhor tende a ser a experiência;
  • First Input Delay (FID): ajuda a medir o nível de interatividade do site, demonstrando quanto tempo leva entre o primeiro clique na página e o início do processamento de dados pelo navegador. Para haver mais interatividade, o tempo de resposta deve ser menor;
  • Cumulative Layout Shift (CLS): mensura as mudanças de posição dos elementos do layout e que podem afetar a experiência e a navegação. Quanto maior for essa medida, pior tende a ser a experiência do usuário.

Portanto, é interessante usar os Core Web Vitals como uma orientação para a otimização do seu site, o que pode ajudar a conquistar um posicionamento melhor nas páginas de busca.

Dados estruturados

Apesar de não ser uma novidade exclusiva de 2022, uma das tendências de SEO marketing envolve o uso de dados estruturados. A ideia é incluir informações sobre a postagem ou mesmo sobre o produto de e-commerce para indicar ao Google do que se trata determinada página.

O uso de dados estruturados pode ser feito pelo Schema Markup, que é uma ferramenta que ajuda a identificar grupos de dados do seu conteúdo.

Com a adoção de informações estruturadas, suas chances de obter rich snippets aumentam. Eles correspondem a snippets que contem com informações complementares, como os preços e as formas de contato. Como o Google tem privilegiado esse tipo de snippet, pode ser uma forma de melhorar seu ranqueamento.

Pessoas também perguntam

Além dos snippets, o Google tem feito melhorias em suas páginas de resultado de busca para torná-las mais completas. Um desses recursos é o “Pessoas também perguntam”, uma seleção de perguntas relacionadas à palavra-chave buscada.

É comum que as respostas sejam apresentadas diretamente, sem que seja necessário acessar a página. Além disso, o posicionamento da caixa costuma ficar acima de alguns resultados orgânicos, o que pode ajudar a aumentar o tráfego.

Para que seu site apareça nessa área, é preciso responder perguntas relacionadas no conteúdo, de forma direta, dentro do artigo. Assim, aumentam as chances de o Google identificar a relação do restante do conteúdo com a palavra-chave, considerando-o mais relevante que os outros.

Conteúdos longos

Outro ponto de atenção para o SEO marketing em 2022 é o uso de conteúdos longos. Essa abordagem não é exclusiva desse ano, mas se torna mais relevante em um momento em que há muito conteúdo disponível na web.

Com o foco em produções mais longas, é possível aprofundar conteúdos e criar as bases para a estratégia de posts pilares, por exemplo. Também há mais oportunidades de link building e mais aderência ao EAT.

Ainda, conteúdos mais longos podem aumentar o tempo de permanência no site. Com isso, os materiais podem oferecer mais contexto, qualidade e otimização técnica de SEO — o que aumenta as chances de ranqueamento.

Por que é importante acompanhar essas atualizações?

Como você viu, os algoritmos dos mecanismos de pesquisa passam por atualizações frequentes. Isso serve para garantir uma experiência que contemple as novas necessidades e o novo modo de se comportar por parte dos usuários.

Ao se manter atualizado com as novidades, é possível realizar melhorias e adaptações em seu site para acompanhar as tendências. Desse modo, há como melhorar o ranqueamento, atrair mais tráfego, gerar mais leads e fechar mais negócios.

Essa também é uma forma de direcionar melhor os esforços de marketing digital. Assim, é possível obter um retorno melhor sobre o montante investido, gerando uma aproximação quanto aos objetivos estratégicos.

Como fazer o SEO do meu site?

Até aqui, você conferiu quais são as tendências de marketing digital e SEO que podem ser mais interessantes em 2022. Porém, como colocar as abordagens em prática? O primeiro passo pode incluir um diagnóstico do seu site para entender o que já está em prática e o que ainda deve ser melhorado.

Além disso, faz sentido investir em produção de conteúdo. Afinal, essa é uma peça essencial para o ranqueamento por parte dos mecanismos de busca, certo? Ter conteúdo original, relevante e de qualidade é fundamental para realmente responder às dúvidas e dificuldades dos usuários.

Para tanto, é preciso contar com parceiros estratégicos. Com a ABContent, seu negócio terá acesso a conteúdo especializado, aprofundado e otimizado para SEO. Ao unir nossas soluções às melhorias em seu site, é possível adotar as boas práticas e potencializar os resultados da sua estratégia online.

Neste artigo, você conheceu as principais tendências de SEO marketing para 2022 e quais são os pontos que se destacam. Com as alterações necessárias e conteúdo de alta qualidade, é possível aproveitar essas mudanças a favor do seu negócio.

Pronto para começar a entregar conteúdos de qualidade para sua persona? Então entre em contato conosco e comece agora mesmo a se destacar diante da concorrência!