Nove em cada dez startups morrem. A estatística é assustadora, mas é o que diz a consultoria e auditoria PwC Brasil, conforme citado em matéria no site da Folha. Dentre os motivos, apostar em um negócio que não resolve um problema real é o principal.

Se você fez a lição de casa e tem um empresa que nasceu para atender a uma demanda de mercado, precisa, então, cuidar com as finanças e problemas com a equipe (estes dois itens também entram na lista de motivos de mortalidade das startups).

Tendo isso em mente – e entendendo que sua empresa está com uma boa gestão financeira e conta com uma boa equipe, como fazer sua startup crescer? Confira as respostas neste artigo!

Acompanhe!

Defina sua proposta de valor

O primeiro passo para fazer sua startup crescer é entender qual é sua proposta de valor. Em termos gerais, a proposta de valor deve explicar como sua startup é qualificada de maneira única para atender ou exceder as expectativas dos clientes.

Startups que não conseguem solidificar uma proposta de valor têm problemas para se envolver com potenciais investidores, gerar um fluxo de caixa positivo e se tornar líderes de mercado.

Acrescente novos produtos ou serviços no seu portfólio

Das várias maneiras de fazer uma startup crescer, oferecer aos clientes novos produtos ou serviços deve estar na sua lista. Neste modelo de negócio em que tudo muda em ritmo acelerado e que novos players aparecem frequentemente, é importante estar aberto a tentar coisas novas.

Depois de fazer uma pesquisa com seus clientes atuais e até mesmo no mercado, será possível identificar as demandas dos clientes em áreas específicas para que suas necessidades sejam atendidas. Ou seja, identifique em quais produtos e serviços seus atuais clientes estão interessados.

Por exemplo, se a startup desenvolve software para gestão financeira, que tal vender um curso completo sobre como lidar com orçamento empresarial, fluxo de caixa, balanço patrimonial, entre outros? Ou, quem sabe não tenha um outro serviço que a empresa possa oferecer?

Defina indicadores-chave de desempenho

É difícil avaliar o sucesso de uma startup (e de qualquer empresa de modo geral) sem primeiro definir alguns indicadores-chave de desempenho (conhecidos também por KPI, de Key Performance Indicators).

Os indicadores de crescimento mais populares incluem:

  • Custo de aquisição do cliente (CAC): mostra quanto a startup paga para adquirir um novo cliente. Essencialmente, pelo CAC é possível identificar se os investimentos na aquisição de clientes estão valendo a pena.
  • Customer Lifetime Value (LTV): refere-se ao valor de vida útil do cliente. Ele mostra o quanto um cliente gasta na sua empresa enquanto faz negócio. Entre outras coisas, o LTV ajuda a identificar os melhores clientes e, assim, traçar um perfil de similaridades para melhor captação de clientes.

Além disso, o indicador ajuda a compreender quanto pode ser gasto em marketing para conquistar novos clientes sem prejudicar o orçamento.

  • Burn rate: diz respeito ao valor que uma startup gasta para manter as operações funcionando. Dizemos ainda que é a taxa de queima do capital da empresa. Ou seja, por esse indicador é possível descobrir em quanto tempo uma startup passará a ter lucro.
  • Margem bruta: mede a receita após o pagamento do custo dos produtos vendidos.

Existem diversos outros KPIs. Os que citamos aqui são muito importantes, mas cada startup deve igualmente definir os indicadores que têm maior impacto em sua definição de sucesso.

Escale com responsabilidade

Você quer fazer sua startup crescer, mas não tem dinheiro em caixa? A escalabilidade exige um correto dimensionamento dos hábitos de gastos, evitando dívidas e limitando as despesas gerais.

De nada adianta, por exemplo, gastar um dinheiro que sua empresa não tem antes de o produto estar corretamente ajustado no mercado. Lembre-se que, como comentamos na introdução, os problemas financeiros estão entre os motivos de mortes prematuras das startups.

Não caia no comodismo

Muitas vezes, ao verem seus negócios funcionando, empreendedores tendem a relaxar e a se acomodar. Em um ambiente de startup, no qual tudo pode mudar em um único dia, cruzar os braços pode significar o fim do empreendimento.

Para fazer sua startup crescer fique de olho no mercado e monitore constantemente seus concorrentes. Veja o que tem de novo e o que eles estão fazendo. Procure também atualizar-se e incentivar seus colaboradores a fazerem o mesmo.

Uma dica adicional aqui é manter um espaço aberto com os funcionários para que eles possam fazer sugestões sempre que identificarem necessidade de melhoria ou de mudança.

Lembre-se: por definição, startups são ambientes mais abertos. Não deixe que isso se perca durante o processo de crescimento.

Forme parcerias estratégicas

Uma boa maneira de crescer exponencialmente é formar parcerias estratégicas com as empresas certas. Isso ajudará a obter informações sobre o seu setor ou até sobre um setor que sua startup quer atingir. Além disso, é um bom ponto de partida para alcançar mais clientes.

Com bons parceiros vocês podem juntos realizar webinars e eventos e aumentar o alcance das suas ações e, claro, da marca da sua empresa.

Aposte no marketing de conteúdo

Fazer uma startup crescer requer um certo investimento também em marketing. O que muitos empreendedores não sabem é que existem estratégias mais acessíveis para acelerar o crescimento de um negócio. Dentre elas, destacamos os artigos em blog, os chamados blog posts.

Esses posts conseguem atrair tráfego orgânico e sua divulgação é muito abrangente, pois além do blog propriamente dito, podem ser divulgados em redes sociais, newsletters e/ou e-mail marketing.

Quando produzidos levando em conta o SEO,  os artigos são mais facilmente encontrados pelos mecanismos de busca. E quando, somado a isso, têm relevância para o público-alvo e são escritos com qualidade e por especialistas, alcançam o mesmo sucesso que qualquer outra peça publicitária.

Sem contar que os blog posts contribuem para que a empresa gere uma imagem de autoridade em seu segmento. Isso é fundamental para viabilizar novas oportunidades de negócio e, consequentemente, de crescimento.

Se você precisa de ajuda para a produção de conteúdo nos nichos de finanças, investimentos, empreendedorismo e negócios, conte com a ABContent. Nossa equipe possui expertise para fazer conteúdo de relevância e ajudar sua startup crescer.