Validar uma ideia de negócio não é simples, mas é extremamente essencial. Afinal, sem esse passo, seu projeto, produto ou serviço corre grande risco de falhar logo de início.

Mas, o que é validação de ideias? De forma resumida, trata-se do simples ato de ir a público e testar sua ideia para comprovar se aquilo que deseja idealizar realmente atende a necessidade do seu público.

Sem essa validação, não há como saber se o que você idealiza terá sucesso, um bom público e boa lucratividade. E, por isso, é fundamental saber como validar uma ideia de negócios.

Confira esse artigo e veja 6 passos simples para validar sua ideia de forma eficiente!

1. Conheça seu consumidor

Antes de tudo, você precisa saber para quem deseja vender. Sem um público-alvo, fica muito difícil validar a ideia, pois ninguém vende para todos os públicos.

Deve-se ir além e montar uma persona para seu negócio. Afinal, quanto mais você souber do seu consumidor, melhor poderá ficar seu produto/serviço. Isso também ajuda a pensar em melhores estratégias de marketing e vendas.

Descobrir informações sobre a vida da persona lhe permitirá saber onde encontrá-las para poder fazer essa validação.

Esse passo é prioridade. Validar uma boa ideia com o público errado apenas lhe fará perder tempo e dinheiro, certo?

2. Avalie sua ideia com olhares de terceiros

Com a persona definida, é preciso fazer uma pesquisa aprofundada para descobrir se essa ideia já não foi pensada por alguém ou se já não existe. Isso deve ser feito antes de tentar mostrá-la para o mercado.

Caso o serviço ou produto já exista, pense em formas de melhorar, agregar valor ou ter um diferencial. Nessa pesquisa, verifique se o mercado está satisfeito com a solução existente e com as empresas que a oferecem. Assim, é possível pensar em algo único para se destacar perante essas companhias.

3. Busque opiniões de especialistas

Depois das pesquisas de mercado e da persona, o ideal seria ouvir feedbacks de pessoas sinceras e que entendam do assunto ou do nicho. Registre observações, feedbacks e críticas construtivas para poder diferenciar-se e oferecer algo distinto no mercado.

Evite pedir feedbacks de amigos ou familiares, principalmente se estão envolvidos no processo da ideia. Procure conversar com mentores, profissionais e empresários. Alguns ficarão felizes em lhe ajudar.

4. Defina o que deve ser validado

No momento da prática, você precisa se perguntar “o que preciso saber e que é mais importante para meu negócio dar certo?”

Depois de encontrar o que necessita saber do público, defina o método de validação. Faça perguntas que lhe ajudarão a definir se sua ideia faz sentido e o que mais pode ser incorporado nela.

Converse com o seu público ideal e veja o que lhe respondem. O importante é ter respostas confiáveis.

Certifique-se de mandar o formulário de perguntas para o público certo caso for feita de forma online ou se direcionar as pessoas ideais caso decida realizar esse processo pessoalmente e presencialmente.

5. Analise os resultados

Com as respostas em mãos, analise-as e verifique o que realmente precisam e se sua ideia pode mudar a vida dessas pessoas.

Se elas necessitam da sua ideia, isso significa que pode montar o produto beta ou protótipo. Caso sua ideia não seja exatamente o que seu público precisa, faça as alterações necessárias ou formule uma nova ideia.

6. Monte um protótipo

Com a pesquisa feita e a ideia de negócio validada, desenvolva um protótipo que seja o mais próximo do que você deseja vender e faça testes em situações reais de consumo. Com o consumidor utilizando na prática seu produto, é possível implementar melhorias.

Depois que conseguir bons resultados e o seu público realmente gostar da sua solução, comece a focar em criar sua identidade e a pensar em estratégias para conquistar clientes e assim, crescer seu negócio!

Gostou de aprender como validar uma ideia de negócios, um serviço ou produto no mercado? Confira agora 8 dicas incríveis de finanças para empreendedores!