Há diversos fatores que precisam ser considerados na hora de abrir uma empresa. Afinal, empreender no Brasil não é fácil, e há diversas burocracias e detalhes que não podem ser esquecidos.

Felizmente, existem inúmeros grandes empresários que conseguiram o sucesso que desejavam começando um negócio da maneira mais simples possível. Então, que tal descobrir o que avaliar antes de abrir sua empresa?

Confira a seguir alguns aspectos que você precisa considerar quando for abrir seu negócio!

Tenha um perfil de empreendedor

O primeiro aspecto a ser considerado é o seu perfil. Tenha em mente que, para abrir uma companhia, é preciso ter um perfil de empreendedor e entender que entrar nesse mercado envolve riscos.

Sua renda será variável e pode ser que haja prejuízos em alguns períodos. O importante é ter consistência e entender que isso é perfeitamente normal.

Analise o mercado

Você conhece bem o nicho no qual pretende atuar? Para abrir uma empresa é essencial antes fazer uma pesquisa de mercado, analisar concorrentes, produtos ou serviços, riscos do nicho, dentre outros quesitos.

Entenda como o mercado está se comportando para poder posicionar-se, encontrar um diferencial e conseguir ser competitivo. Afinal, se nem mesmo você conhece seu mercado, dificilmente seu negócio poderá prosperar.

Defina suas metas

O que deseja com o seu novo negócio? Saiba qual seu objetivo e onde deseja chegar. É muito essencial ter metas definidas para poder se guiar e ir na direção que almeja.

Elabore um plano de negócios que seja realista e dentro do que o mercado e sua empresa podem oferecer. Um bom plano exige um estudo aprofundado do mercado no qual atuará, um planejamento financeiro anterior, previsão de vendas, gastos com marketing, compra de equipamento, dentre outros aspectos.

Sem isso, o empreendedor poderá se perder e não ter noção do quanto gastou – podendo até ficar com prejuízos.

Pesquise os custos iniciais

Todo estabelecimento tem custos para poder funcionar. Se o seu desejo é ter um empreendimento físico, haverá custos para que possa abrir. É necessário o pagamento de taxas da Junta Comercial, emissão de alvará, dentre outros tributos que podem variar em cada estado.

Nessas horas, pode ser necessário contar com a ajuda de um contador ou um advogado empresarial ou tributário para poder esclarecer todas as suas dúvidas em relação às burocracias relacionadas a todo tipo de conta que deve ser paga.

Por outro lado, caso seu desejo seja abrir um negócio online, os custos podem ser muito menores se comparado a um tradicional.

Crie uma reserva de capital

Antes mesmo de colocar em prática a ideia de abrir uma companhia, é primordial que haja um planejamento financeiro e uma boa reserva de dinheiro para manter a firma funcionando.

Tenha em mente que pode levar alguns meses para seu empreendimento dar lucro. Logo, seria interessante ter uma reserva de, pelo menos, 1 ano do funcionamento do negócio.

Essa reserva inicial é indispensável porque os primeiros meses podem ser complicados e ter mais gastos que entradas. Além disso, esse dinheiro pode ser útil em um momento posterior.

Confira os documentos necessários

Além de ter um CNPJ, você terá que ter em mãos alguns documentos atualizados, como: registros, alvarás municipais e estaduais e algumas licenças. Essa é outra parte burocrática que precisa ser feita com atenção para evitar problemas futuros.

Cada tipo de empresa exige documentação própria. De qualquer forma, a falta de alguns deles pode atrasar ou inviabilizar a abertura da sua empresa. Logo, certifique-se de pesquisar, emitir e ter em mãos todos os documentos necessários.

Conte com ajuda profissional

Como falamos, um contador ou advogado especializado pode ser essencial para ajudar nos momentos de burocracias. Além disso, eles podem contribuir para cuidar melhor dos recursos financeiros da empresa, mantê-la legalizada, elaborar o contrato social, escolher o melhor regime tributário, dentre outros aspectos.

Na hora de abrir uma empresa, é importante considerar diversas questões pessoais, financeiras, mercadológicas e burocráticas. A falta da análise desses fatores poderá lhe prejudicar e fazer seu negócio ter problemas. Portanto, siga as dicas do artigo e abra seu empreendimento sem dificuldades!

Gostou do artigo? Confira agora o que você precisa saber antes de empreender!