O social selling é uma estratégia que pode aumentar significativamente suas vendas pela internet. Por meio dele, você consegue criar um relacionamento com seu público nas redes sociais e, consequentemente, lucrar mais.

As mídias digitais se tornaram essenciais para a sobrevivência de qualquer negócio. Logo, ter uma presença forte nelas e entender como se relacionar nesses meios é o que fará seu negócio prosperar nos dias atuais.

Quer entender mais sobre o tema? Então continue a leitura para entender o que é o social selling e veja como ele funciona!

O que é social selling?

Social selling – ou venda social – é o processo de prospectar potenciais clientes e estabelecer um relacionamento com eles nas redes sociais.

Em vez de utilizar uma abordagem de vendas agressiva, o intuito é procurar consumidores que tenham o perfil de cliente ideal da empresa – ou persona – para se aproximar dele e fazê-lo confiar na marca.

Nesse caso, as companhias têm uma atuação mais ativa nas redes sociais. Elas atuam curtindo postagens, interagindo nos grupos e oferecendo conteúdos de valor para construir credibilidade e autoridade no longo prazo, sem ter a pressa de fechar as vendas.

Por que o social selling é importante para um negócio?

A maneira de vender se modificou muito com a internet. Desse modo, focar apenas em vender sem criar um relacionamento não trará os resultados pretendidos.

As pessoas compram de quem esteve presente na vida delas e as ajudou em algum momento. Por esse motivo, se tornou mais do que obrigatório entregar conteúdos de valor para ser encontrado nos meios digitais e criar uma conexão.

Logo, a maioria das vendas – e as melhores – não ocorrem mais com uma ligação, uma mensagem ou um banner. Elas são, antes de tudo, resultado de uma relação entre sua marca e os consumidores.

Como as redes sociais estão presentes no dia a dia das pessoas, é nelas que esses relacionamentos precisam acontecer. Até porque, os usuários já estão na internet buscando informações e pesquisando soluções para os seus problemas, muito antes de entrar em contato com sua equipe.

Então, para concluir, o social selling tem a função de colocar as companhias em contato com os consumidores ideais da marca enquanto eles estão na jornada da compra. O intuito é posicionar você como autoridade no nicho, oferecendo informações que eles desejam.

Lembre-se: as vendas são sociais. Primeiro se estabelece uma relação de confiança, depois é que os negócios são fechados. Por isso, é comum ter muito contato antes de ocorrer uma compra.

Quais são os pilares do social selling?

Para ter resultados, é essencial considerar os dois pilares do social selling. São eles: conteúdo de qualidade e os consumidores. Entenda-os melhor abaixo.

Conteúdo de qualidade

É unânime entre especialistas que a produção de conteúdo é um dos pilares mais importantes do social selling. Se você não gerou valor ao usuário, entrar em contato para oferecer um produto ou serviço não lhe trará vendas.

O conteúdo é a alma do seu negócio. Sem ele, você não se torna conhecido. Os indivíduos querem ser educados, então ofereça o que desejam.

Consumidores

Os consumidores têm valores, desejos e princípios. Por isso, seja o mais humanizado possível nas interações com eles. Se você está começando no marketing de conteúdo, isso é ainda mais importante, pois as pessoas desconfiam do que é novo.

Ninguém gosta de vendedores. É muito comum evitá-los nas lojas físicas e também nos meios digitais. Por isso, mostre primeiro que você se preocupa com eles e deseja entendê-los, e não que quer apenas vender.

Quais os benefícios do social selling?

A venda social traz alguns benefícios para um negócio. Veja-os a seguir!

Aumenta a visibilidade na internet

O social selling exige uma boa atuação nas redes sociais. Assim, sua visibilidade pode ser expandida nesses meios.

Isso faz com que sua empresa encontre novas oportunidades, pois sua marca pode ser encontrada por públicos que quiçá não teriam interesse na sua solução, mas que após conhecer sua marca, ficaram interessados.

Diminui o ciclo de vendas

Quando sua equipe de vendas tem um bom relacionamento com os usuários nas redes sociais, o processo para prospectar e provar o valor da marca se torna menor porque os prospectos já confiam em você.

Além disso, por ter essa relação próxima com os consumidores, os vendedores já entendem as necessidades deles. Esse conhecimento é valioso para criar abordagens mais efetivas na web.

Reduz os custos de aquisição de clientes

Como o ciclo de vendas se torna menor, os custos para fechar vendas também diminuem. Até porque, as ferramentas mais eficazes no social selling são a produção de conteúdo e contato por mensagens.

Essas estratégias costumam ter custos menores, se comparar com outras. Dessa maneira, o Custo de Aquisição de Clientes (CAC) também é reduzido.

Fideliza os clientes

Pessoas que compram com mais confiança e satisfação tendem a se manter mais tempo com sua organização. E, vender novamente para um cliente fiel é menos custoso do que para um desconhecido.

Como aplicar o social selling?

Utilizar essa estratégia é muito simples. Veja como fazer isso em poucos passos!

Conheça sua persona

O social selling tem a ver com entender e ajudar seus clientes. Quanto mais sua equipe de vendas saber da persona, bem como dores, desejos e necessidades dela, melhor será a comunicação.

Assim, torna-se possível mandar mensagens bem direcionadas e entregar conteúdos que realmente gerem valor.

Produza conteúdo

Foi dito à exaustão sobre a importância do conteúdo ao longo do artigo. Portanto, não pule essa etapa, pois além de não fazer o social selling ser efetivo, sua empresa corre o risco de não ser encontrada, tanto nas redes sociais quanto nos mecanismos de busca.

Quem não é visto, não é lembrado. Além disso, quem não demonstra autoridade e não entrega valor, não passa confiança.

Seja o mais pessoal que puder

Cuidado com as respostas automáticas! Se mal utilizadas, podem prejudicar a sua relação com o consumidor. Seja o mais pessoal possível e demonstre às pessoas que elas estão conversando com humanos, mesmo que você utilize uma ferramenta para isso. Dê a sua marca uma personalidade, um modo de falar e jamais pareça robótico.

Monitore e seja ativo

Avalie periodicamente os resultados e monitore seus seguidores para entender se sua estratégia está trazendo resultados. Por fim, não esqueça de ser ativo nas redes sociais que seu público está.

Você viu que o social selling precisa da produção de conteúdo para dar certo. Se você ainda não adota essa estratégia, está perdendo oportunidades!

Felizmente, isso é simples de resolver. Veja agora 8 motivos para apostar em empresas de produção de conteúdo especializado e saia na frente dos seus concorrentes!