A relação entre empresa e clientes mudou. Atualmente, consumidores estão praticamente mais familiarizados com os produtos e serviços de uma organização do que seus próprios funcionários.

Uma grande parcela de responsabilidade nessa mudança de comportamento deve-se à era digital. Mais especificamente, graças às estratégias de marketing digital é que clientes passaram a estar muito mais informados (e também mais exigentes).

Neste artigo, falaremos sobre 4 dessas estratégias. Mas, antes:

Qual é a importância do marketing digital?

Dentre os benefícios do marketing digital, um dos principais é a segmentação do público, uma característica que não encontramos no marketing tradicional.

Ao segmentar leads de acordo com interesses e etapa do funil, as ações em marketing digital conseguem ser muito mais certeiras, atingindo consumidores com o conteúdo certo na hora certa. Além disso, suas estratégias focam no cliente, fazendo-o com que ele – e não o produto ou serviço da empresa – seja o centro das atenções.

Ao serem o centro, os consumidores são mais envolvidos pelas campanhas, tornam-se mais engajados e sentem-se mais próximos à empresa. Ao longo do tempo, isso se reverte em mais vendas para seu negócio.

Outro grande benefício das estratégias de marketing digital está no custo. Com os métodos tradicionais de marketing, startups, fintechs e empresas de pequeno e médio porte praticamente não conseguem competir  com as maiores.

As grandes corporações têm dinheiro para fazer anúncios em TV, publicidade em revistas, spots de rádio e muito mais. Isso dificulta a concorrência de pequenas empresas, mas o marketing digital resolve a questão colocando todas as organizações no mesmo campo de atuação.

Em outros termos, trata-se de uma maneira acessível de comercializar seus produtos e serviços para consumidores interessados. Basta, para que isso seja possível, escolher as estratégias certas de marketing digital.

Quais são as estratégias de marketing digital?

O marketing digital acontece online, portanto há variadas estratégias que sua empresa pode adotar. Neste artigo falaremos de 4:

1. Marketing de conteúdo

Das estratégias de marketing digital, esta talvez seja uma das mais conhecidas. Basicamente, o marketing de conteúdo nada mais é do que a divulgação gratuita de conteúdo por uma empresa.

Por “conteúdo”, entenda não apenas dezenas de artigos em um site, mas também imagens, sons, infográficos, vídeos, podcasts etc. Nesse caso, um conteúdo pode assumir uma “forma muito curta”, como no Twitter ou Instagram, mas também uma “forma longa”, que envolve mais experiência, entretenimento e, portanto, credibilidade e interesse para os consumidores, como é o caso de posts em blogs, de e-books ou até de vídeos.

Para que esta estratégia funcione é preciso, contudo, prestar atenção na qualidade do material sendo divulgado e da relevância do mesmo para seu público-alvo. Essa é a razão pela qual muitas empresas terceirizam o serviço, já que hoje em dia existem diversos negócios especializados e focados em produção de conteúdo (como é o caso da ABContent).

2. Redes Sociais

Com certeza, o crescimento das redes sociais foi o grande responsável pela popularização das estratégias de marketing digital. Elas possibilitaram uma nova forma de comunicação com os consumidores: mais rápida, dinâmica e acessível.

Não podemos deixar de mencionar que as mídias sociais mudaram profundamente a maneira como empresas se comunicam com seus clientes e, por consequência, as decisões finais dos consumidores no ato da compra.

Praticamente qualquer negócio que queira sobreviver hoje em dia deve estar presente nas redes sociais que seu público está. No entanto, lembramos que não basta apenas criar um perfil e esperar que leads surjam e a mágica aconteça.

Assim como na produção de conteúdo, publicações em redes sociais precisam ser de qualidade e relevantes. De nada adianta ficar postando promoções ou atualizações que não tenham muita importância para seu público.

Da mesma maneira, para que seus posts tenham algum sucesso é preciso que eles chamem o usuário a tomar alguma ação. Por exemplo, se sua empresa quer vender um produto, uma boa ideia é utilizar gatilhos mentais que façam com que o consumidor tome a decisão de comprar.

3. Otimização do site

Os algoritmos de pesquisa estão em constante evolução e tendem a “humanizar” para fornecer mais e mais resultados relevantes. Com os mecanismos de busca cada vez mais entendendo o contexto e a intenção do usuário em suas solicitações, sai na frente quem tem um site otimizado para SEO.

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, em inglês. Ela consiste em estudar os algoritmos dos buscadores para melhorar a posição que uma página aparece nos resultados do mecanismo de busca (ou, usando os termos do marketing digital, o SEO busca melhorar o rankeamento de um site nos mecanismos de busca).

Dentre as estratégias para otimizar um site, está a utilização de palavras-chave. E, como comentamos neste artigo, isso significa também ter um site totalmente otimizado para dispositivos móveis.

4. E-mail marketing

Sim, ao contrário do que muitas pessoas podem pensar, o e-mail marketing continua sendo uma excelente estratégia de marketing digital. A questão toda está no fato de que para que a ação funcione, ela deve ser dirigida ao público certo.

Adicionalmente, é fundamental que os e-mails contenham somente conteúdo relevante (você não quer encher a caixa de entrada do seu cliente com mensagens que não agreguem valor, certo?). Por isso, mais uma vez aqui frisamos a importância de contar com profissionais experientes para a produção de conteúdo.

Outro item que não pode ser esquecido ao tratarmos da eficácia do e-mail marketing, é a ação que o leitor deve tomar ao abrir o e-mail. Essa chamada (como, por exemplo, “assistir ao vídeo Y”), deve estar clara e em destaque.

Agora, conte para nós, como estão suas estratégias de marketing digital? Se você ainda tem dúvidas sobre o assunto, deixe um comentário e vamos discutir um pouco sobre isso. Será um prazer trocar algumas ideias e conhecer um pouco mais da sua empresa.