Utilizar os gatilhos mentais a favor da sua empresa pode ajudar a atrair muito mais clientes e posicionar seu negócio melhor perante os concorrentes. Felizmente, esses princípios não são difíceis de serem colocados em prática.

Várias empresas com um bom posicionamento na internet fazem isso, principalmente aquelas que entregam conteúdos de valor em um blog, utilizando esse meio para poder ativar os gatilhos.

Acompanhe a leitura do artigo e veja como você pode usar os gatilhos mentais, na prática, em favor do seu negócio!

O que são gatilhos mentais?

Caso você nunca tenha ouvido falar em gatilhos mentais, saiba que são estímulos que ajudam as pessoas na tomada de decisão de forma rápida, sem que seja necessário raciocinar antes.

Tomar decisão pode fazer o cérebro gastar muita energia, e esses gatilhos ajudam a “ativar” respostas rápidas, baseando-se em padrões determinados.

Por mais que as pessoas acreditem que pensam antes de decidir sobre algo, a verdade é que a tomada de decisões é totalmente emocional. Apenas utilizamos o raciocínio para dar um motivo pelas escolhas que fizemos.

O que muitos não sabem é que esses estímulos podem ser utilizados de forma estratégica para vender, conseguir clientes, dentre outros objetivos.

Como os gatilhos mentais podem ajudar seu negócio na prática?

Os gatilhos mentais podem ser aplicados em diversas situações para ativar o interesse e atrair a atenção das pessoas no seu negócio. Além disso, esses gatilhos podem ser ativados nas pessoas tanto por meio de atitudes no local físico da sua empresa quanto nas suas estratégias de marketing digital e de produção de conteúdo.

Quer um exemplo? Falando de locais físicos, alguns mercados, quando querem vender mais de um determinado produto, preparam o ambiente para que os consumidores fiquem mais propícios a comprá-los.

Assim, quando querem vender mais vinhos franceses, colocam músicas francesas para tocar. Quando querem vender cervejas alemãs, apostam em músicas alemãs para isso. Interessante né?

Há muitas outras maneiras de ativar gatilhos, esse foi apenas um exemplo. Confira como você pode utilizá-los na prática, tanto de forma presencial quanto na internet no próximo tópico.

Como utilizar os gatilhos mentais em favor do seu negócio

Veja agora como você pode ativar 5 gatilhos mentais nas pessoas para conseguir ter melhores resultados nos seus negócios!

1. Reciprocidade

Esse gatilho é poderoso e simples de entender. Quando recebemos algo, tendemos a querer retribuir. Por exemplo, se um amigo lhe deu um presente de aniversário, você muito provavelmente vai querer retribuí-lo com outro presente no aniversário dele.

Uma forma de ativar esse gatilho é entregando um material rico e de qualidade, como um e-book, que entregue valor e ensine algo interessante para seu público. Se você tem um blog com conteúdos de qualidade, muito provavelmente as pessoas vão querer seu ebook gratuito. Inclusive, as pessoas adoram baixar materiais desse tipo.

Dessa forma, o gatilho da reciprocidade pode ser ativado, pois se você entrega valor de forma gratuita, seus leitores terão mais probabilidade de consultar seu negócio caso precise de ajuda.

No local físico da sua empresa, a reciprocidade pode ser ativada se você entrega algo gratuito aos clientes e possíveis clientes, como uma agenda ou calendário, por exemplo.

2. Afeição

Esse gatilho prova que as pessoas tendem a se relacionar com quem se parece com elas. Por isso que alguns vendedores se vestem e se comunicam da mesma forma que seus clientes para conseguir vender.

Muitas marcas conseguem ativar o gatilho da afeição sabendo se comunicar de forma certeira com a persona.  E como seu negócio pode ativar esse gatilho?

No meio digital, criando conteúdo de valor que realmente seja útil para a persona, comunicando-se na mesma linguagem dela e mostrando que sua empresa tem uma personalidade parecida com a do seu público.

No ambiente físico, você pode se vestir de uma maneira parecida com a maioria dos seus clientes, se comunicar com eles da mesma forma que eles se comunicam e principalmente, mostrar interesse real na vida deles, pois isso gera conexão.

3. Autoridade

A autoridade é muito poderosa. Um exemplo simples de quando esse gatilho é ativado é quando somos atendidos por um médico de jaleco branco. Por ser uma autoridade do ramo dele, não questionamos o diagnóstico recebido.

Esse gatilho é forte. E você precisa saber ativá-lo. Pode ser ativado por meio de diplomas, objetos de alto valor – como carros de luxo, roupas, livros publicados ou demonstrando o conhecimento.

Atualmente, a melhor forma de demonstrar autoridade é tendo um blog com muitos artigos de valor.

Se você ensina as pessoas por meio de conteúdos com credibilidade, você passa a ser visto como autoridade. E esse gatilho será de grande valia para a sua empresa ser escolhida entre tantas outras do mesmo nicho.

4. Urgência e escassez

A urgência e a escassez precisam ser utilizadas sempre que você puder. As pessoas têm muito medo de perder uma oportunidade. Por isso, as lojas sempre utilizam esses gatilhos para conseguir vender muito, anunciando que “a promoção vale só até amanhã”, “últimos produtos no estoque”, etc.

Aqui, você pode utilizar da criatividade. Por exemplo, sua empresa pode criar um curso online curto, um ebook, uma consultoria premium ou outro produto/serviço e oferecer como bônus para os primeiros 10 clientes que fecharem com sua empresa.

Se a pessoa queria muito comprar mas estava demorando e o seu bônus for bom, ela vai querer comprar logo para ter direito a recebê-lo.

Uma assessoria de investimentos, por exemplo, pode oferecer um e-book com dicas valiosas e práticas para a pessoa se tornar um melhor investidor para um determinado número de clientes que escolherem sua assessoria para receber suporte acerca dos investimentos.

5. Compromisso e coerência

Esse gatilho é simples de entender. Pessoas e empresas não querem parecer incoerentes e nada confiáveis. Por isso, ao assumir um compromisso, tendem a levá-lo até o fim. Quer ver um exemplo de como esse gatilho tem força?

Muito provavelmente você já recebeu um pedido de alguém na praça de alimentação do shopping para olhar a mesa enquanto a pessoa retira seu prato de comida, certo? Com certeza você ficou vigiando a mesa. Isso aconteceu porque você assumiu um compromisso, e o cumpriu.

Nos negócios, você pode fazer seus possíveis clientes assumirem um compromisso com você simplesmente pedindo para que eles retornem o contato. Por exemplo, “depois de pensar se você quer utilizar nossos serviços, você pode nos avisar sobre sua decisão?”

Além de fazer a pessoa se sentir no dever de avisar, você pode aproveitar esse momento para retirar objeções em relação ao que você oferece.

Conclusão

Utilizar os gatilhos mentais nas suas estratégias e no seu atendimento ao público pode fazer muita diferença e aumentar seus resultados de prospecção. Por isso, não deixe de utilizar as dicas do artigo e adapte os exemplos dados para o seu negócio!

Quer aprender a prospectar clientes pela internet de forma eficaz? Confira agora 8 habilidades que você precisa ter para conquistar mais clientes.